Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
10/09/21 às 14h14 - Atualizado em 10/09/21 às 14h15

Pavilhão dedicado a flores e plantas ornamentais integra 25ª Feira do Morango de Brasília

COMPARTILHAR

 

Um pavilhão inteiro todo florido. Assim é o espaço Florabraz da 25ª Feira do Morango de Brasília, que ocorre na área da Associação Rural e Cultural Alexandre de Gusmão (Arcag), em Brazlândia. Trinta produtores atendidos pela Emater-DF estão neste lugar, onde é possível encontrar flores, plantas ornamentais, mudas de temperos e hortaliças e até árvores frutíferas.

 

Morangolândia tem 40 estandes de produtores de morango do DF

Colha & Pague faz a diversão das crianças na 25ª Feira do Morango de Brasília

 

“Trouxemos mudinhas de plantas que as pessoas costumam cultivar em hortas de casas ou de apartamentos já no ponto de transplante. É só chegar em casa e colocar no quintal ou em um vaso” conta Viviane Maria da Conceição Gama, 36 anos, mostrando os pés de alface, cebolinha e até de maracujá.

 

 

Para o gerente da Emater-DF em Brazlândia, Hélio Lopes, a Florabraz é uma oportunidade importante, tanto para produtores, que conseguem ter contato direto com o consumidor, quanto para visitantes da feira. “Quem mora nas áreas urbanas muitas vezes tem dificuldades de encontrar determinadas plantas. Aqui, ele pode encontrar o que precisa e ainda conversar direto com o produtor”, conta Lopes, lembrando que este espaço já e tradicional nas festas do morango e da goiaba do DF.

 

Contato direto

Federica Cordeiro dos Santos, 37, moradora do setor rural de Ceilândia, que participa do evento, conta que começou a cultivar rosas e gerânios por prazer de cuidar das flores. Ela garante que tem “toda a paciência do mundo” para explicar a quem visitar seu estande e decidir levar uma de suas mudas pra casa sobre os cuidados necessários a cada uma das plantas.

 

“Comecei a cultivar flores porque gosto muito e plantei essas aqui com muito carinho. Foi depois que isso virou um negócio”, conta a produtora rural, mostrando as roseiras floridas que levou para a feira.

 

E se a pessoa quiser alguma planta que não tiver na Florabraz? Tem como resolver isso também. Produtora de Rajadinha, núcleo rural de Planaltina-DF, Fernanda Freiman Costa, 33 anos, conta que levou para a Feira do Morango tudo que ela produzia e era possível transportar e vender no espaço, desde bromélias, até pequenas palmeiras.

 

“Na chácara, tenho plantas bem maiores do que estas. Mas se a pessoa vier aqui e quiser algo que só tenho em casa, vemos como atender”, explica

 

 

Feira do Morango

A 25ª Feira do Morango de Brasília iniciou oficialmente na última sexta-feira, 3 de setembro. Ela abre novamente nesta sexta-feira (10) e se estende até domingo (12). O horário de funcionamento é das 10h às 22h e o acesso é livre.

 

Devido à pandemia, o uso de máscaras é obrigatório, tanto nos espaços fechados quanto ao ar livre. Em todos os estandes, há álcool gel disponível.

 

O evento é organizado pela Arcag e Instituto Rosa dos Ventos, com apoio da Emater-DF, Administração Regional de Brazlândia e Secretaria de Turismo.

 

A Emater-DF

Empresa pública que atua na promoção do desenvolvimento rural sustentável e da segurança alimentar, prestando assistência técnica e extensão rural a mais de 18 mil produtores do DF. Por ano, realiza cerca de 150 mil atendimentos, por meio de ações como oficinas, cursos, visitas técnicas, dias de campo e reuniões técnicas.

Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Distrito Federal - Governo do Distrito Federal

Emater-DF

Parque Estação Biológica, Ed. Sede EMATER-DF CEP: 70.770.915 Brasília - DF Telefone: 3311-9330 E-mail: emater@emater.df.gov.br