Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
8/12/21 às 14h15 - Atualizado em 8/12/21 às 14h35

Seminário reúne servidores para alinhar projetos e realizações da Emater-DF

COMPARTILHAR

Servidores se reuniram nesta terça-feira (8), durante o Seminário Institucional

 

A manhã dos empregados, comissionados e dirigentes da Emater-DF teve uma rotina diferente. Trocaram o campo, as atividades burocráticas e administrativas, nesta terça-feira (7/12), para participarem do Seminário Institucional, realizado com objetivo de nivelar informações dos programas desenvolvidos em 2021, das perspectivas para 2022 e promover a interação corporativa, com intuito de fortalecer as ações da empresa.

 

A abertura do evento foi prestigiada com a presença do secretário de Agricultura e Desenvolvimento Rural (Seagri) do DF, Candido Teles, do presidente da Ceasa, Fábio de Sousa, do secretário-executivo da Seagri, Luciano Mendes, e do presidente da Associação dos Servidores da Emater-DF (Asser), Bruno de Mello.

 

Servidores ficaram atentos às informações

O secretário Candido Teles ressaltou que a Emater tem um caso de amor com o produtor rural. “Esses trabalhadores são diferenciados, passam por prefeitos, psicólogos, orientadores, religiosos, porque têm a confiança dos produtores rurais”. Além disso, ele destacou a importância de refletir sobre as realizações. “Esta reunião é para meditar sobre o que foi feito, o que deixou de ser feito e o que é preciso fazer para melhorar”, finalizou.

 

Em seu discurso de abertura, a presidente da Emater-DF, Denise Fonseca, agradeceu o trabalho de todos os colaboradores da empresa que, mesmo no período de pandemia, estiveram ao lado dos produtores rurais. “Não paramos na pandemia porque o agricultor não pode parar de produzir para não faltar alimento na mesa das pessoas. Assim, minha palavra hoje é de gratidão”, disse.

 

Ao destacar que as ações da Emater-DF transcendem o que é feito no campo, o presidente da Ceasa-DF, Fábio de Souza, falou também da importância deste momento de reflexão. “Planejar o futuro é uma receita de sucesso”.

 

O presidente da Asser, Bruno de Mello, afirmou que o trabalho em benefício dos empregados da Emater-DF é prazeroso, uma vez que todos são muito comprometidos com os resultados no campo. “Queremos avançar para recompensar o trabalho que realizam na área rural”.

 

Realizações e perspectivas

Em continuidade às atividades, Denise Fonseca apresentou as principais realizações da Emater-DF em 2021 e os programas estratégicos para 2022. Os números apresentados comprovam a dedicação dos colaboradores. Apenas neste ano, foram feitos 190 mil atendimentos, 11.5 mil visitas técnicas e 13 mil beneficiários atendidos, dentre outros.

 

A dirigente também detalhou o emprego de R$7.33 milhões, captados por meio de emendas parlamentares distritais e federais, convênios e contratos. O montante permitiu o desenvolvimento de projetos, como o PõeNaCesta, implantação de energia fotovoltaica no Assentamento Estrela da Lua, instalação de 119 fossas sépticas, sistema de captação da água da chuva em hortas pedagógicas escolares, além de melhoria feitas nos escritórios e espaços físicos da empresa.

 

Já para o próximo ano estão previstos recursos no valor de R$7 milhões que serão usados para fortalecer os programas Filhos deste Solo, Saneamento Rural, Energia Fotovotaica, Aquicultura, eventos como a FestFlor e Agrobrasília, atividades da Confaser, além de aquisições e reformas.

 

“Trabalhamos a família rural, acolhendo e entendendo suas necessidades para manter forte o campo e para que não haja êxodo rural. Isso me enche de orgulho. Tenho muita honra de estar à frente da Emater, trabalhando pelos agricultores rurais e pela qualidade de vida de todos os colaboradores”, finalizou Denise Fonseca.

 

Comissão de Ética

No Seminário, a Comissão de Ética também fez uma breve apresentação sobre a importância de os empregados lerem os normativos éticos e refletirem sobre sua prática no dia a dia na instituição.

 

Segundo a presidente da comissão, Carolina Mazzaro, “o código de ética é mais do que uma norma a ser seguida, a sua reflexão e aplicação por parte de todos influencia a imagem da empresa perante seus públicos e também contribui para um bom clima organizacional”. Ela também explicou que a Comissão está de portas abertas para sanar quaisquer conflitos éticos ou receber denúncias, mesmo que anônimas, sobre alguma transgressão ao código.

 

Prata da Casa

O ponto alto do evento foi a homenagem feita ao servidor Batista Pontes, que está na Emater desde 2000, transferido para a empresa após a extinção da Sociedade Brasileira de Abastecimento (SAB). O servidor foi agraciado com uma placa de agradecimento entregue pelo ex-chefe Wilson Nakamura, já aponsentado. As palavras ditas, tanto por Selma Tavares quanto por Nakamura, emocionaram todos os presentes.

 

Batista Pontes afirmou que “foi uma alegria trabalhar todos esses anos na Emater, sempre trabalhei com amor saio com o coração grato e com o sentimento de dever cumprido”. O empregado está deixando o quadro por adesão ao Programa de Demissão Voluntária.

 

Batista entrou para história e recebeu menção como “Prata da Casa”

 

 

A Emater-DF

Empresa pública que atua na promoção do desenvolvimento rural sustentável e da segurança alimentar, prestando assistência técnica e extensão rural a mais de 18 mil produtores do DF. Por ano, realiza cerca de 150 mil atendimentos, por meio de ações como oficinas, cursos, visitas técnicas, dias de campo e reuniões técnicas.

Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Distrito Federal - Governo do Distrito Federal

Emater-DF

Parque Estação Biológica, Ed. Sede EMATER-DF CEP: 70.770.915 Brasília - DF Telefone: 3311-9330 E-mail: emater@emater.df.gov.br