Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
8/12/21 às 22h08 - Atualizado em 8/12/21 às 22h38

Nova lei de sanidade vegetal tem destaque em webinário sobre o uso de agrotóxicos

COMPARTILHAR

A região é uma das maiores produtores de orgânicos do país, resultado de boas práticas agrícolas

 

Diretora-executiva da Emater-DF participou do webinário e falou sobre ações da empresa

 

O Ministério Público do Trabalho do Distrito Federal e Territórios (MPTDFT), por meio do Fórum de Combate aos Impactos dos Agrotóxicos e Transgênicos do DF, promoveu um webinário sobre o tema visando discutir a necessidade de alinhar sustentabilidade, produção e a qualidade de vida dos produtores rurais e dos consumidores. O evento, que contou com a participação da diretora-executiva da Emater-DF, Loiselene Trindade, aconteceu em alusão ao Dia Internacional da Luta contra os Agrotóxicos.

 

A promotora de Justiça do MPTDFT e coordenadora do fórum, Cristina Rasia, presidiu o encontro híbrido, que também teve a participação do secretário de Agricultura e Desenvolvimento Rural do DF, Candido Teles,  do coordenador do Fórum Nacional de Combate aos Impactos dos Agrotóxicos e Transgênicos, Pedro Serafim, da procuradora-geral de Justiça do DF, Fabiana Costa, dentre outras autoridades do setor, além de produtores rurais.

 

Segundo Cristina Rasia, o Distrito Federal tem uma realidade que difere dos outros Fóruns de Combate ao uso de agrotóxicos. Para ela, a nova lei aprovada em julho abre um campo de trabalho. O DF é uma região com grande predominância da agricultura familiar, considerada de alta produtividade, e uma das mais desenvolvidas do país pelo uso de tecnologias.  Portanto, discutir o uso de agrotóxicos é necessário, uma vez que tem forte relevância social e econômica e está diretamente relacionado à saúde, preservação dos recursos naturais e ao desenvolvimento sustentável.

 

Secretario de Agricultura, Candido Teles, participou do evento

A Lei nº 6.914, de 22 de julho de 2021, que trata da sanidade vegetal no DF, é inovadora mas amplia a necessidade do debate e da difusão do conhecimento em torno das mudanças que ela proporciona em âmbito distrital. Nesse caminho, o secretário Candido Teles e a diretora-executiva Loiselene Trindade deram muitas contribuições acerca do debate.

 

Teles destacou que o DF tem uma das produções de orgânicos mais expressivas do país. O setor possui projeto que é exemplo para o Brasil. “O GDF tem um grande compromisso com a saúde do agricultor, com o meio ambiente, com a natureza. Estamos fazendo um grande plano de desenvolvimento econômico do Distrito Federal que alinha meio ambiente, produtividade no campo, saúde do produtor e natureza”, informou.

 

Qualificação e tecnologia

Loiselene disse que uma das missões da Emater é promover o desenvolvimento rural e a segurança alimentar de forma sustentável. “Os trabalhos em relação ao uso adequado de agrotóxicos e a nova legislação trazem muitos desafios, sendo que alguns deles já são tratados pela Emater-DF, como oportunidade. A nova lei nos coloca como qualificadora e estamos trabalhando o assunto de forma acessível e prática para os agricultores”, disse.

 

Para a diretora, o Distrito Federal tem um nível de produção que emprega a tecnologia nas diversas formas de manejo de forma a reduzir o uso de agrotóxico na região. “Além de capacitar os produtores, temos de apresentar alternativas e tecnologias pro campo. Assim, apresentamos diversos programas de boas práticas agrícolas”, finalizou Loiselene.

 

“O DF tem sido atuante na apresentação de alternativas ao uso de agrotóxico e será exemplo da agroecologia, da produção orgânica e de saúde para o Brasil todo”, defendeu o coordenador do Fórum Nacional de Combate aos Impactos dos Agrotóxicos e Transgênicos, Pedro Serafim.

 

O enfrentamento da temática em âmbito nacional tem sido feita por meio da articulação entre os Ministérios Públicos, os operadores do Direito e a sociedade civil para trazer valores positivos e constitucionais que dizem respeito à proteção do meio ambiente, do trabalho rural, e da proteção da saúde e dos impactos dos agrotóxicos em âmbito nacional.

 

 

Emater-DF

Empresa pública que atua na promoção do desenvolvimento rural sustentável e da segurança alimentar, prestando assistência técnica e extensão rural a mais de 18 mil produtores do DF. Por ano, realiza cerca de 150 mil atendimentos, por meio de ações como oficinas, cursos, visitas técnicas, dias de campo e reuniões técnicas.

 

Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Distrito Federal - Governo do Distrito Federal

Emater-DF

Parque Estação Biológica, Ed. Sede EMATER-DF CEP: 70.770.915 Brasília - DF Telefone: 3311-9330 E-mail: emater@emater.df.gov.br