Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
30/10/19 às 11h27 - Atualizado em 30/10/19 às 11h30

Técnicos da Emater discutem planejamento de plantios orgânicos para produzir o ano todo

Consultora Luciana Almeida ministra aula sobre planejamento e produção de hortaliças orgânicas

 

Agrônomos e zootecnistas da Emater-DF participaram de encontro que discutiu como planejar um plantio orgânico ou agroecológico para ter produção o ano todo e reduzir custos. Ministrado pela agrônoma Luciana Almeida, especialista no assunto e consultora da entidade sem fins lucrativos Akarui em São Paulo, o tema fez parte da programação do curso de agroecologia, realizado na semana passada no Centro de Comercialização e Capacitação da Agricultura Familiar (CCC), no Ceasa.

 

Emater discute inclusão de produtores em projeto de turismo de aventura em rotas rurais

Encontro de piscicultores reúne produtores; mercado de peixes foi tema do evento

Em curso de agroecologia da Emater, Embrapa anuncia técnica inédita para avaliar saúde do solo

 

O planejamento da produção e os consórcios de hortaliças buscam uma saída para um dos gargalos do plantio orgânico – e também convencional – que é a frequência de entrega de itens muito demandados pelo mercado. “Com o planejamento da produção, o agricultor consegue ter produção frequente, em quantidade adequada para o mercado dele e de uma forma planejada”, afirma Roberto Carneiro, agrônomo e extensionista rural da Emater-DF.

 

Extensionistas da Emater-DF discutem, em grupo, as condições climáticas de cada plantio

 

Para esse planejamento ter sucesso e ser produtivo com o menor custo possível para o agricultor, é necessário reproduzir as condições ideais para cada cultura. “Aprender sobre o centro de origem da cultura é uma base pra gente entender essas condições ideais”, afirma Luciana. “O centro de origem vai nos indicar o tipo de solo mais adequado, pra gente fazer a correção de solo, mas principalmente vai indicar quando plantar”, diz.

 

“Cada espécie tem um período do ano em que ela produz melhor e outro que ela não produz bem. O ideal seria respeitar esse ciclo. Mas em geral, o mercado quer tomate o ano inteiro, alface o ano inteiro”, explica Carneiro. É aí que entram as técnicas ensinadas pela consultora para planejar o plantio.

 

Curso de agroecologia une agrônomos e zootecnistas na construção do conhecimento

 

Além das características originais de cada hortaliça, outro ponto importante para o planejamento da produção é fazer os consórcios adequados, de acordo com os grupos de hortaliças: folhosas, de frutos e de raízes. “Quando estimulamos muito a parte aérea, colhemos pouco fruto ou pouca raiz”, afirma Luciana. Assim, ao pensar um consórcio, o planejamento da produção deve levar em conta as exigências nutricionais de todas as culturas que estão plantadas.

 

Outra ferramenta é o cultivo protegido de hortaliças para proteger o plantio da chuva e ajudar o agricultor a diminuir os problemas que causam doenças e pragas nas plantas. “O plantio em estufa é para cultivar fora de época e atender nossos hábitos alimentares de cardápio europeu”, diz a especialista. “O ideal seria uma reorientação alimentar da população de acordo com os ritmos da natureza”, explica Luciana. Segundo ela, se alimentar do que realmente produz em cada época é mais barato e mais saudável.

 

A Emater-DF
Empresa pública que atua na promoção do desenvolvimento rural sustentável e da segurança alimentar, prestando assistência técnica e extensão rural a mais de 18 mil produtores do DF e Entorno. Por ano, realiza cerca de 120 mil atendimentos, por meio de ações como oficinas, cursos, visitas técnicas, dias de campo e reuniões técnicas.

 

Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Distrito Federal - Governo do Distrito Federal

Emater-DF

Parque Estação Biológica, Ed. Sede EMATER-DF CEP: 70.770.915 Brasília - DF Telefone: 3311-9330 E-mail: emater@emater.df.gov.br