Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
11/06/13 às 14h24 - Atualizado em 29/10/18 às 10h45

Propriedade modelo recebe Dia de Campo agroecológico

 

Após mais de dez anos produzindo alimentos convencionais, Lúcia Rodrigues Oliveira, moradora do assentamento Contagem (Sobradinho-DF), resolveu mudar sua produção. Ao assistir cursos, palestras da Emater-DF e entender a importância dos alimentos orgânicos, ela passou a produzi-los e assim adquirir mais qualidade de vida e melhorias em sua saúde e na de sua família.

 

Ao longo de 1,5 hectare ela produz alface, acelga, couve, jiló, repolho, quiabo e uma variedade de folhosas que vende nos finais de semana em Santa Maria. “Eu percebia que colocava adubo químico e agrotóxico e a terra ficava fraca, daí procurei alternativas e vi que não precisava usar aquilo e que, sem eles, adquirimos alimentos mais saudáveis. Além do mais, a terra está mais forte”, relata a produtora.

 

Por ser modelo de produção orgânica, a propriedade de Lúcia foi escolhida pela unidade da Emater em Sobradinho para o Dia de Campo de Agroecologia, que acontece nesta sexta-feira (14), a partir das 8h30.

 

Mais de 50 famílias de agricultores familiares convivem no assentamento e a maioria produz hortaliças de forma convencional. A proposta do evento é fazer com que mais de 100 agricultores, provenientes dos assentamentos Contagen e Colônias I e II (Padre Bernardo-GO) participem das atividades, troquem experiências e entendam que qualquer propriedade pode fazer a transição agroecológica, produzir orgânicos, não agredir o meio ambiente, nem a saúde das pessoas que produzem e que consomem os alimentos.

 

O coordenador de Agroecologia da Emater-DF, Roberto Carneiro, diz que a atividade é importante para ambientar os participantes a respeito do processo, além de conscientizá-los de que a produção orgânica é economicamente viável e os resultados são imensuráveis.

 

A atividade faz parte do convênio com o Incra e conta com o apoio do Sebrae, da Fundação Banco do Brasil e Embrapa Cenargen. São quatro estações onde serão demonstrados sistemas agroflorestais, controle biológico de pragas, certificação orgânica e o Programa Agroecológico Integrado Sustentável (PAIS), gestão econômica da propriedade e mercado.

 

Elaine Carneiro
Assessoria de Comunicação da Emater-DF

Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Distrito Federal - Governo do Distrito Federal

Emater-DF

Parque Estação Biológica, Ed. Sede EMATER-DF CEP: 70.770.915 Brasília - DF Telefone: 3311-9330 E-mail: emater@emater.df.gov.br