Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
23/03/17 às 11h32 - Atualizado em 29/10/18 às 11h40

Produtores de água recebem pagamentos

 

Unidade Gestora do programa entrega cheques a agricultores que promoveram ações de preservação ambiental na região do núcleo rural Taquara

 

A Unidade Gestora de Programa (UGP) Produtor de Água entregou, na manhã desta quinta-feira (23), cinco cheques de pagamentos por serviços ambientais a produtores do núcleo rural Taquara (região administrativa de Planaltina). O recurso, pago anualmente, é uma recompensa que o agricultor recebe por promover, em sua propriedade, ações de conservação e preservação de nascentes e cursos d’água, além da recuperação de áreas degradadas. A entrega simbólica dos cheques ocorrou na chácara Mundo Vivo, do produtor Gilmar Pio Fernandes.

 

Para o coordenador de Gestão Ambiental da Emater-DF, Sumar Magalhães, a bacia hidrográfica do rio Pipiripau — onde o programa foi implantado — produz não só alimentos, mas também água. “Esse momento é de celebração e agradecimento, pelo esforço de todas as entidades envolvidas e, principalmente, dos produtores que abraçaram o projeto. O que estamos colhendo hoje é fruto de uma semeadura correta, bem planejada e organizada”, destacou.

 

Já o presidente da Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do DF (Adasa), Paulo Sales, ressaltou a importância do projeto diante da crise hídrica que a capital do país tem atravessado nas últimas semanas. “O Produtor de Água nos proporciona um bom momento para refletir sobre como temos tratado o espaço urbano e o rural. O sucesso do programa é uma prova de que existem soluções adequadas para minimizar o problema que estamos enfrentando”, pontuou.

 

Foco na preservação — O produtor Gilmar Pio Fernandes, cuja propriedade é voltada principalmente para a preservação ambiental, observou que os resultados alcançados pelo programa na região darão mais visibilidade à ação. “Quem sabe podemos convencer os vizinhos da importância de se aderir ao Produtor de Água”, disse ele, acrescentando que o importante não é o dinheiro recebido. “O que estamos proporcionando é qualidade de vida, sustentabilidade, respeito ao meio ambiente. O poder público é nosso parceiro nessa empreitada”, concluiu.

 

A chácara Mundo Vivo possui 17 hectares de muito verde e vida animal. Emas, antas, tucanos, micos e várias outras espécies animais convivem harmonicamente com matas ciliares e áreas de cerrado — tudo conservado com autorização do Instintuto Nacional do Meio Ambiente (Ibama). “Já recebemos grupos de estudantes para conhecer um pouco da nossa flora e fauna e, no futuro, pretendemos fazer da chácara uma referência em educação ambiental”, planeja Gilmar.

 

Compensação — O agricultor que adere ao Programa Produtor de Água deve promover uma série de ações de conservação em sua propriedade. As ações são avaliadas frequentemente pelos técnicos dos órgãos governamentais envolvidos. Além de contribuir para a preservação das nascentes em sua região — que reflete no fornecimento de água para a população urbana —, o agricultor é beneficiado com melhorias na região rural onde está estabelecido. Na bacia hidrográfica do rio Pipiripau, que compreende o núcleo rural Taquara, são 145 participantes do projeto.

 

O Produtor de Água é uma parceria de 18 instituições. Fazem parte da Unidade Gestora do Projeto (UGP) a Secretaria de Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural (Seagri), a Emater-DF, a Secretaria de Meio Ambiente, Adasa, Departamento de Estradas e Rodagem (DER), Caesb, Instituto Brasília Ambiental (bram), Terracap, Ministério do Meio Ambiente, Agência Nacional de Águas (ANA), Superintendência de Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco), Banco do Brasil, Embrapa, Universidade de Brasília (UnB), Sesi, Fundação Banco do Brasil e as organizações não-governamentais The Natury Conservancy (TNC), WWF e Rede de Sementes do Cerrado.

 

Produtores que receberam pagamentos nesta quinta-feira (23)
– Gilmar Pio Fernandes
– Waldir Lavall
– Omar Tomm
– Deltin Santana Mendes de Souza
– Adiles Isoton

 

Rinaldo Costa
Assessoria de Comunicação – Emater-DF

Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Distrito Federal - Governo do Distrito Federal

Emater-DF

Parque Estação Biológica, Ed. Sede EMATER-DF CEP: 70.770.915 Brasília - DF Telefone: 3311-9330 E-mail: emater@emater.df.gov.br