Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
23/07/19 às 13h22 - Atualizado em 30/07/19 às 12h41

Mulheres rurais incrementam renda familiar com panificados e artesanato

 

A gerente da Emater Amanda Venturim, o diretor Antonio Dantas e o grupo Conexão Mulher

 

Um grupo de produtoras rurais do núcleo rural Rio Preto, na região de Planaltina, estuda a formação de uma cooperativa para comercializar artesanato, flores e panificados e reduzir custos na compra de insumos. O grupo, chamado de Conexão Mulher, é composto por cem participantes e foi formado em 2016, após o Encontro Distrital de Mulheres Rurais realizado pela Emater-DF.

 

Agroindústria de panificados é exemplo de sucesso no campo

Emater-DF incentiva empoderamento de mulheres da área rural

 

“Hoje temos um papel importante no desenvolvimento da comunidade. Estamos exercendo atividades econômicas que permitem conciliar as diferentes tarefas que são ainda de ‘responsabilidade’ da mulher, como o cuidado com a família. Porém, estamos mais unidas e participativas no que diz respeito à geração de renda. Diante de um mercado que vende tanta coisa industrializada, queremos fortalecer a imagem dos produtos artesanais para serem mais valorizados no mercado”, diz Gabriela Stein, que produz sabonetes artesanais.

 

Sabonetes com cheiro e formato de frutas feitos pela artesã Gabriela Stein

 

Entre as participantes do grupo Conexão Mulher, 20 trabalham com artesanato, doces, flores e panificados. Para economista doméstica da Emater-DF, Regina Lucia da Cunha Lima, a empresa “tem o papel de empoderar as mulheres, fornecer capacitação, realizar momentos de integração e apoiar a comercialização, para que possam fazer mais do que cuidar do lar”.

 

“Queremos que formalizem uma cooperativa para facilitar a venda dos produtos. Elas possuem importante papel na geração de renda para a família, por meio da transformação e agregação de valor a produtos agropecuários ou tradicionais e confecção de diversos tipos de artesanatos. Essas atividades trazem motivação, segurança, valorizam a autoestima e promovem a igualdade de direitos. Permitem o fortalecimento das mulheres em função da relativa autonomia que ganham em relação aos maridos, em vista da importância socioeconômica dos trabalhos desempenhados. Muitos maridos acabam as apoiando e incentivando também”, explica Regina.

 

Produtos de artesanato feitos por grupo de mulheres da comunidade do Rio Preto

 

Na última quinta-feira (18), algumas representantes do grupo de mulheres se reuniram com o presidente da Ceasa, Wilder Santos, e com o diretor-executivo da Emater-DF, Antonio Dantas, para pedir apoio na comercialização.

 

Para Dantas é importante que as participantes formalizem o grupo para facilitar as vendas, compra de materiais e acesso ao mercado. “A Emater está à disposição para contribuir e articular parcerias para comercialização”, afirmou Dantas. Wilder Santos, por sua vez, disse que vai verificar a viabilidade de comercialização em algum espaço na Ceasa.

 

Reunião de gestores da Emater-DF e Ceasa com o grupo Conexão Mulher, da região do Rio Preto

 

Agroindústria coletiva
Para auxiliar na fabricação de produtos que necessitam de registro para comercialização, a unidade local da Emater-DF está montando uma agroindústria para uso coletivo, no centro da agrovila. “A ideia é que as produtoras possam agendar o espaço pra confeccionar seus pães, biscoitos, e outros produtos artesanais que precisam de registro para venda. Regularizando a agroindústria coletiva, fica mais fácil”, diz a gerente da Emater-DF no Rio Preto, Amanda Venturim.

 

Alguns equipamentos, como desidratadores e bancadas, foram doados pelo Centro de Capacitação Tecnológica e Desenvolvimento Rural (Centrer) da Emater. A estrutura física será adaptada conforme normas previstas para legalização de agroindústrias.

 

A Emater-DF
Empresa pública que integra o Sistema Agricultura do Distrito Federal junto com a Secretaria de Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural e a Ceasa. A Emater atua na promoção do desenvolvimento rural sustentável e da segurança alimentar, prestando assistência técnica e extensão rural a mais de 18 mil produtores do DF e Entorno. Por ano, realiza cerca de 120 mil atendimentos, por meio de ações como oficinas, cursos, visitas técnicas, dias de campo e reuniões técnicas.

 

 

 

 

Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Distrito Federal - Governo do Distrito Federal

Emater-DF

Parque Estação Biológica, Ed. Sede EMATER-DF CEP: 70.770.915 Brasília - DF Telefone: 3311-9330 E-mail: emater@emater.df.gov.br