Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
7/08/19 às 17h44 - Atualizado em 7/08/19 às 18h00

Festa do Tambaqui distribui peixes e promove produção e exportação de pescado

Churrasqueiras usadas para assar tambaqui em evento na Esplanada

 

Mais de cinco mil pessoas passaram pelo Festival do Tambaqui realizado na Esplanada dos Ministérios, na manhã desta quarta-feira (7). Seis toneladas de tambaqui, o equivalente a quatro mil bandas do peixe, com peso médio de 1 kg, foram distribuídas em troca de um quilo de alimento não perecível ao público que passou pelo local. 

 

Durante o evento, o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, disse que deseja fortalecer a produção de peixes na capital. “Esse evento marca não só a Festa do Tambaqui, como se quer colocar, mas principalmente a festa do agronegócio, a festa do pequeno produtor que tem condições de complementar sua renda com a produção do peixe”, ressaltou.

 

A presidente da Emater-DF, Denise Fonseca, e o ministro interino da Agricultura, Marcos Montes

 

O governador também ressaltou os esforços para que a festa pudesse ser realizada. “Quando tomei conhecimento, de pronto coloquei toda a estrutura do Distrito Federal, através do nosso secretário Dilson [Resende, da Agricultura], da nossa presidente da Emater, Denise [Fonseca], queridos amigos, e todo o aparato do Distrito Federal para que a gente pudesse incentivar essa festa maravilhosa”, afirmou.

 

Secretário Nacional da Pesca visita unidades de piscicultura apoiadas pelo Sistema Agricultura

Emater-DF orienta produtores a como produzir mais peixes com menor custo

Produtor do Lago Norte testa aquaponia em sistema sustentável de larga escala

 

“Uma equipe muito grande foi mobilizada para que esse evento, um sonho nosso, se tornasse realidade”, afirmou o secretário de Aquicultura e Pesca do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Jorge Seif, ao ressaltar a participação de todos os órgãos envolvido, entre eles a Emater-DF. 

 

Degustação de receitas à base do peixe desenvolvidas pelo Centrer, da Emater-DF

 

“O intuito disso é que o povo de Brasília, que o povo do Brasil, já que em Brasília nós temos gente de todas as regiões, possa provar e aprovar esse peixe e obviamente ser um replicador desse produto maravilhoso”, disse. O tambaqui foi  assado em churrasqueiras de chão e, por volta das 10h, começou a ser distribuído. 

 

O objetivo do festival foi fomentar o mercado de pescados e tornar mais conhecido o peixe amazônico. Para a presidente da Emater-DF, Denise Fonseca, o evento também é importante para promoção do peixe e da exportação do que é produzido na capital. “O nosso objetivo é incentivar a exportação e a cadeia produtiva do pescado, não se limitando à espécie, no Distrito Federal.” 

 

Homem leva caixa com peixe trocado por 1 kg de alimento não perecível

 

A Emater-DF, em parceria com a Secretaria de Agricultura, montou um tanque e um aquário demonstrativo com tambaqui amazônico e deu palestras a produtores e interessados no tema. Com o apoio da Ceasa, a Emater distribuiu 2,5 mil degustações de receitas de pratos à base de tambaqui: almôndegas, creme e pirão. 

 

Para Claudjane Silva, que passou pelo local, a iniciativa foi aprovada. “Estou amando. Quem não veio perdeu. Pensa em uma coisa saborosa. Eu amo esse peixe”, ressaltou. A contrapartida para a degustação era 1 kg de alimento não perecível. Todos os alimentos doados serão encaminhados a instituições de caridade. 

 

O governador do DF, Ibaneis Rocha, o ministro Marcos Montes, o governador Marcos Rocha (RO) e o secretário Dilson Resende

 

O evento foi  promovido pelo governo de Rondônia, maior produtor de tambaqui e terceiro maior de pescado do país, juntamente com o Ministério da Agricultura, a Secretaria de Aquicultura e Pesca do Ministério da Agricultura e o Governo do Distrito Federal. Entre diversos parceiros e apoiadores, o Sistema Agricultura (Emater-DF, Secretaria de Agricultura e Ceasa), o Sebrae e a Confederação de Pecuária e Agricultura (CNA) também integraram o evento. 

 

Produção e consumo do DF

Em 2018, o Distrito Federal tinha 538 piscicultores, com uma produção total de cerca de 1,5 mil toneladas de pescado. A principal espécie criada no Distrito Federal é a tilápia, seguida do tambaqui e seus híbridos. Atualmente, toda a produção local é consumida no próprio DF.

 

O governador Ibaneis Rocha discursa durante a Festa do Tambaqui

 

Além de ser o terceiro maior mercado consumidor de pescado do Brasil, o Distrito Federal é um dos principais destinos do tambaqui de Rondônia e um potencial polo exportador, já que possui empresas com estrutura de armazenamento e um aeroporto internacional com terminal de cargas e competitivo para escoar a produção para países europeus, por exemplo. Atualmente, Rondônia exporta tambaqui para o Peru, Colômbia e Canadá.

 

 

A Emater-DF
Empresa pública que integra o Sistema Agricultura do Distrito Federal junto com a Secretaria de Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural e a Ceasa. A Emater atua na promoção do desenvolvimento rural sustentável e da segurança alimentar, prestando assistência técnica e extensão rural a mais de 18 mil produtores do DF e Entorno. Por ano, realiza cerca de 120 mil atendimentos, por meio de ações como oficinas, cursos, visitas técnicas, dias de campo e reuniões técnicas.

Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Distrito Federal - Governo do Distrito Federal

Emater-DF

Parque Estação Biológica, Ed. Sede EMATER-DF CEP: 70.770.915 Brasília - DF Telefone: 3311-9330 E-mail: emater@emater.df.gov.br