Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
11/05/17 às 14h28 - Atualizado em 29/10/18 às 11h41

Espaço da Emater traz inovações tecnológicas para uso racional do solo e água

 

O espaço da Emater-DF, na AgroBrasília 2017, trará 13 circuitos temáticos com inovações  que auxiliam o produtor a elevar o patamar de produtividade, de produção e de lucratividade com economia de água e preservação do solo

 

De 16 a 20 de maio (terça-feira a sábado), será realizada a AgroBrasília 2017, no Parque Tecnológico Ivaldo Cenci (BR 251, Km 05). São 10 anos de evento e a Emater-DF estará mais uma vez presente com o Espaço de Valorização da Agricultura Familiar (Evaf). Com 48 mil m², o local possui 13 circuitos temáticos com demonstração de tecnologias de baixo custo e inovações tecnológicas que auxiliam a elevar o patamar de produtividade, de produção e de lucratividade em diversas atividades produtivas, com destaque para uso racional da água e do solo.

 

Além de tecnologias voltadas ao uso racional e preservação da água e do solo, o Evaf terá como novidades o cultivo hidropônico e semi-hidropônico em estufa, com uso de energia solar para irrigação; um sistema florestal com produção de flores e folhagens tropicais e um espaço exclusivo com sistemas de bombeamento de água em poço profundo e com alternativas de iluminação para residências e galpões.

 

Artesanato e produtos agroindustriais, palestras e oficinas também fazem parte da programação do espaço. No auditório do Evaf haverá oficinas de produção de macarrão com farinha refinada de mandioca, aproveitamento de plantas alimentícias não convencionais (Arroz com vinagreira) e fabricação de cupcake de abóbora.

 

A expectativa é receber no espaço cerca de três mil pessoas do DF, Entorno e de estados como Minas Gerais, Tocantins e Bahia.

 

Conheça os circuitos no espaço da Emater:

 

1. Olericultura

 

  • Tecnologias de produção no campo, em telado e em estufa;
  • Captação de água para uso na irrigação;
  • Manejo da irrigação com uso de tensiômetro e Irrigas;
  • Hidroponia e semi-hidroponia (com uso de energia solar);
  • Novas cultivares de hortaliças;
  • Tratos culturais.

 

2. Agroecologia

 

  • São 1,4 hectares com:
  • Plantio direto de hortaliças;
  • Manejo e controle de irrigação com uso do Irrigas;
  • Consórcio de hortaliças com frutíferas;
  • Produção de ovos caipiras em pastejo rotacionado;

 

3. Floricultura

 

  • Produção em telado – mais de 10 espécies de mudas, flores e plantas ornamentais com uso de gotejamento e micro aspersão;
  • Sistema florestal com produção de flores e folhagens tropicais e demonstração do uso do Irrigas;
  • Área de paisagismo;
  • Sistema de reuso de água;

 

4. Fruticultura

 

  • Uso de plantas rústicas, que necessitam de pouca água (Pitaia e Maracujá silvestre Pérola do Cerrado);
  • Sistemas de condução de três cultivares de Pitaia;
  • Cultivo consorciado de banana, café e pupunha – economizando água, adubo , espaço, manejo e cobertura morta, com uso de micro aspersão.

 

5. Legislação Ambiental

 

  • Maquete sobre adequação ambiental;
  • Revegetação de área degradada;
  • Formas de uso sustentável da água.

 

6. Apicultura

 

  • Alternativas para transporte de abelhas;
  • Cavaletes para caixas de abelhas;
  • Alternativas para controle de formigas nas colmeias.

 

7. Avicultura

 

  • Alimentação alternativa na criação de aves: feijão guandu e mandioca;
  • Pastejo rotacionado;
  • Captação de água da chuva na criação de aves.

 

8. Bovinocultura

 

  • Práticas conservacionistas: prevenção da erosão e de assoreamento de cursos d’água;
  • Técnicas para garantia de forragem para uso em períodos de entressafra;
  • Manejo de irrigação nas pastagens – uso racional.

9. Piscicultura

 

  • Dimensionamento de tanques e viveiros com base na disponibilidade de água;
  • Tratamento de efluentes;
  • Defumação de peixes.

 

10. Saneamento ambiental

 

  •  Fossa de evapotranspiração;

 

11. Máquinas agrícolas

 

  • Máquinas e equipamentos para a agricultura familiar;

 

12. Inovações tecnológicas

 

  • Novos sistemas de bombeamento de água em poço profundo;
  • Alternativas de iluminação para residências e galpões.

 

13. Organizações sociais

 

  • Oficinas de alimentação;
  • Mostra e comercialização de produtos das organizações sociais;
  • Economia e reuso de água em agroindústria;
  • Programa Empreender e Inovar / Linhas de crédito rural

 

Carolina Mazzaro

Assessoria de Comunicação da Emater-DF

Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Distrito Federal - Governo do Distrito Federal

Emater-DF

Parque Estação Biológica, Ed. Sede EMATER-DF CEP: 70.770.915 Brasília - DF Telefone: 3311-9330 E-mail: emater@emater.df.gov.br