Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
5/09/16 às 11h49 - Atualizado em 29/10/18 às 11h38

Encontro técnico do morango reúne 90 pessoas

 

Manejo da fertirrigação e cultivo semi-hidropônico foram os temas tratados no 12º Encontro Técnico do Morango nesse sábado (3)

 

Cerca de 90 pessoas entre técnicos e agricultores participaram, nesse sábado (3), do dia especial sobre cultivo semi-hidropônico e manejo da fertirrigação, no 12º Encontro Técnico do Morango,  que faz parte da programação da 21ª Festa do Morango, em Brazlândia.

 

Os extensionistas da Emater-DF Ayslan Barbosa e João Ricardo Soares falaram de aspectos importantes do manejo da irrigação e fertirrigação, fazendo com que o agricultor refletisse e aprendesse sobre como usar a quantidade necessária de água e nutrientes para o cultivo.

 

Já o extensionista Hélio Roberto Lopes apresentou as características do cultivo protegido semi-hidropônico e o preparo de solução nutritiva para cada fase das plantas. Após a teoria, os participantes puderam conferir, na prática, o sistema de injeção de fertilizante em uma unidade demonstrativa do cultivo protegido montado na festa.

 

O agricultor Francisco Andrade disse que adotará muito do que aprendeu no evento. “Vi que é importante conhecer o tipo de solo da minha propriedade para adequar a quantidade de água da irrigação. Também achei importante saber sobre o adensamento entre plantas e o cuidado com a salinidade dos produtos”, disse. Sobre o cultivo protegido, o agricultor está animado para começar. “Eu já produzo tomate em estufa e vou querer montar uma para o morango”, conta.

 

Segundo Hélio Lopes, o cultivo protegido semi-hidropônico, apesar de ter um custo mais alto para implantação, é uma boa opção para os agricultores que possuem área pequena para cultivo. “Para evitar a contaminação do morango pelo solo, é preciso fazer uma rotação de culturas e para quem tem pouco espaço, nem sempre é viável. O cultivo protegido semi-hidropônico diminui o risco de doenças nas plantas e pode-se colher por um ano e meio a dois anos, enquanto o cultivo convencional, no solo, vai só de maio a setembro”, explica.

 

A programação do 12º Encontro Técnico do Morango continua!

 

Confira:

programacao encontro_tecnico

03.09encontro tecnico_morango3

03.09encontro tecnico_morango1

03.09encontro tecnico_morango4

03.09encontro tecnico_morango8

03.09encontro tecnico_morango9

03.09encontro tecnico_morango7

 

Carolina Mazzaro

Assessoria de Comunicação da Emater-DF

 

Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Distrito Federal - Governo do Distrito Federal

Emater-DF

Parque Estação Biológica, Ed. Sede EMATER-DF CEP: 70.770.915 Brasília - DF Telefone: 3311-9330 E-mail: emater@emater.df.gov.br