Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
3/10/19 às 16h43 - Atualizado em 30/10/19 às 16h00

Emater-DF dá curso e assistência a quem quer iniciar produção de mel

Apicultor coleta mel de caixa de abelha com ferrão produzido no Distrito Federal

 

Na data em que se comemora o Dia da Abelha – 3 de outubro –, a Emater-DF reforça o compromisso em atender aos produtores rurais que já atuam na criação do inseto ou que desejam iniciar a produção de mel e outros subprodutos de uma colmeia. O Distrito Federal tem hoje cerca de 310 criadores, mas há um grande espaço para crescimento da atividade. Além da importância econômica, as abelhas são as principais responsáveis pela polinização da maioria das espécies vegetais do planeta.

 

Emater-DF oferece curso de apicultura

Criadores de abelha sem ferrão aliam produção de mel com preservação ambiental

 

Dividida em apicultura  (criação de abelhas com ferrão) e meliponicultura (criação de abelhas sem ferrão), a produção de mel exige pouco e pode elevar a renda do produtor. Segundo o extensionista Névio Guimarães, a adoção de boas práticas agrícolas pode render uma alta produtividade. “Com um manejo adequado, é possível alcançar até 100 quilos de mel por ano”, aponta.

 

Além do mel, as colmeias oferecem cera, pólen, própolis, geleia real e apitoxina — este último, ainda pouco explorado no Brasil e bastante valorizado no mercado internacional. Todos os produtos são usados na alimentação e também na fabricação de cosméticos e medicamentos.

 

Curso

A Emater-DF está oferecendo um curso voltado para produtores interessados em investir na apicultura. A primeira aula, de caráter teórico, ocorreu no escritório da empresa em São Sebastião. Na sequência, os participantes realizam visitas a uma propriedade produtora de mel, onde vão conhecer de perto a infraestrutura, como é feito o manejo dos insetos e outros detalhes práticos.

 

A atividade, realizada pela Emater-DF, tem o apoio da Funap-DF, que forneceu as caixas de abelha, fabricadas por apenados do sistema prisional de Brasília. O material foi recolhido pela Secretaria de Agricultura nas dependências da Ceasa-DF — as outras parceiras do projeto.

 

Qualquer produtor que tiver interesse em investir na criação de abelhas — com ou sem ferrão — pode procurar o escritório da Emater-DF mais próximo de sua propriedade, onde os extensionistas da empresa estão disponíveis para dar as informações e orientações necessárias. A lista completa com os endereços e telefones das unidades em todo o DF está aqui. Com R$ 1,2 mil, é possível iniciar uma produção de mel com cinco caixas de abelhas com ferrão.

 

Participantes do curso de apicultura constroem caixas de abelhas

 

PRODUÇÃO DE MEL NO DF

 

Apicultura (abelhas com ferrão)
>> 60 produtores
>> 750 caixas
>> 11 toneladas/ano

 

Meliponicultura (abelhas sem ferrão)
>> 250 produtores
>> 2 mil caixas

>> 1 tonelada/ano

 

A Emater-DF
Empresa pública que atua na promoção do desenvolvimento rural sustentável e da segurança alimentar, prestando assistência técnica e extensão rural a mais de 18 mil produtores do DF e Entorno. Por ano, realiza cerca de 120 mil atendimentos, por meio de ações como oficinas, cursos, visitas técnicas, dias de campo e reuniões técnicas.

 

Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Distrito Federal - Governo do Distrito Federal

Emater-DF

Parque Estação Biológica, Ed. Sede EMATER-DF CEP: 70.770.915 Brasília - DF Telefone: 3311-9330 E-mail: emater@emater.df.gov.br