Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
4/09/19 às 11h32 - Atualizado em 4/09/19 às 11h33

Com mais de 200 agricultores, Exposição Agrícola de Brazlândia começa nesta sexta

 

Público pode conferir a variedade e qualidade da produção da região a partir desta sexta (6)

 

Começa nesta sexta-feira (6) a 30ª Exposição Agrícola de Brazlândia, promovida pela Emater-DF, no auditório da Associação Rural e Cultural de Alexandre de Gusmão (Arcag). A exposição, que será aberta às 17h e tem entrada gratuita, integra a programação da 24ª Festa do Morango. Ao todo, mais de 200 agricultores de Brazlândia, Alexandre de Gusmão e Ceilândia participam da exposição com a apresentação de 800 produtos.

 

Para a presidente da Emater-DF, Denise Fonseca, “a exposição é a oportunidade de consumidores, empresários e agentes públicos verem de perto a qualidade e as oportunidades do setor agropecuário da região de Brazlândia, que é responsável por 47% da produção de frutas e por 31% da produção de hortaliças do DF”.

 

Mostra de frutas na edição passada da Exposição Agrícola revela produção diversificada do DF

 

Além de morangos – vitrine da produção agrícola da cidade –, a mostra terá frutas diversas, como maracujá, goiaba, mexerica, banana e limão, além de grãos, flores e outras hortaliças, como beterraba, cenoura, pimentão, chuchu, berinjela, tomate, vagem, repolho, abóbora, cebolinha, coentro, salsa, alface, rúcula, pepino e maxixe.

 

Julgamento
No período da tarde, às 15h, técnicos da Emater-DF, da Embrapa e autoridades de outras instituições convidadas vão avaliar mais de 800 produtos diferentes em diversos quesitos: conformação anatômica (forma), consistência (padrão Ceasa de comercialização), coloração, apresentação, aparência e peculiaridades de cada produto, como, por exemplo, o tamanho. Após a análise dos jurados, os produtos recebem uma pontuação.

 

“O concurso tem um caráter motivacional. Com essa atividade, incentivamos a produção de alimentos com mais qualidade”, diz o gerente da Emater em Alexandre de Gusmão, Hélio Lopes.

 

Público conhece produtos cultivados no DF; exposição deste ano será aberta às 17h de sexta-feira

 

Distrito Federal
A Capital é uma das poucas do mundo com uma produtiva área rural. Dos 5.802 quilômetros quadrados de área, aproximadamente 4 mil deles são de áreas rurais, onde 19 mil propriedades vivem da produção agropecuária.

 

O setor emprega cerca de 30 mil pessoas diretamente – considerados os proprietários, suas famílias e trabalhadores rurais, esse total sobe para cerca de 90 mil pessoas. O Valor Bruto da Produção (VBP) do DF gira em torno de R$ 2,5 bilhões.

 

Na produção de hortaliças, a atividade é exercida por mais de 2,5 mil empreendimentos classificados, em sua maioria, de agricultores familiares (83%), que utilizam basicamente a força de trabalho da família.

 

A Emater-DF

Empresa pública que integra o Sistema Agricultura do Distrito Federal junto com a Secretaria de Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural e a Ceasa. A Emater atua na promoção do desenvolvimento rural sustentável e da segurança alimentar, prestando assistência técnica e extensão rural a mais de 18 mil produtores do DF e Entorno. Por ano, realiza cerca de 120 mil atendimentos, por meio de ações como oficinas, cursos, visitas técnicas, dias de campo e reuniões técnicas.

 

Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Distrito Federal - Governo do Distrito Federal

Emater-DF

Parque Estação Biológica, Ed. Sede EMATER-DF CEP: 70.770.915 Brasília - DF Telefone: 3311-9330 E-mail: emater@emater.df.gov.br