Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
11/05/15 às 8h34 - Atualizado em 29/10/18 às 11h23

Cocalzinho recebe a Festa da Pamonha

 

Mais de três mil pamonhas de sal, de doce e apimentadas foram consumidas pelos participantes da 3ª Festa da Pamonha, no pré-assentamento Fazendinha, em Cocalzinho (GO). O evento contou com a parceria da Emater-DF, que ofereceu cursos, palestras e atendimento nos três dias da festa, além de dar apoio na organização. Cerca de duas mil pessoas compareceram ao encontro.

 

Para o gerente do escritório da Emater-DF em Padre Bernardo (GO), Álvaro Castro, os resultados do trabalho da extensão rural são colhidos a médio e longo prazo. “Mesmo assim, já podemos ver frutos da nossa atuação no assentamento após quase um ano de atividades”, avalia. Oportunidades de geração de renda, melhoria na produção e comercialização estão entre os benefícios alcançados.

 

Álvaro aproveitou a ocasião para dar duas notícias importantes: com a abertura do Centro de Capacitação e Comercialização da Ceasa-DF, o GDF está articulando com o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) para disponibilizar o transporte dos produtos dos agricultores familiares até a Ceasa. Além disso, uma resolução do Ministério da Agricultura facilitou o trânsito de produtos de origem animal entre os municípios do Entorno e o Distrito Federal. “São medidas que devem ampliar a participação da agricultura familiar no mercado de alimentos em Brasília”, comemorou Álvaro.

 

Capacitação — Na sexta-feira (8), a extensionista Danielle Amaral deu um curso de aproveitamento integral dos alimentos e boas práticas de fabricação (BPF). Já no sábado (9), a técnica Sonia Lemos organizou uma palestra sobre benefícios sociais. “A partir do momento que o Incra reconhece um acampamento, os assentados já têm direitos como aposentadoria, auxílio-doença, pensão e salário maternidade, por exemplo. Mas grande parte deles desconhece essas informações”, explica Sonia.

 

A assentada Jane Dias foi uma das que assistiu à palestra sobre aproveitamento dos alimentos. Ela aprendeu a fazer curau de abóbora e caldo de milho. “São produtos que tenho na minha propriedade. Agora posso ganhar um dinheirinho vendendo essas iguarias”, falou.

 

Segundo o presidente da Associação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar do Assentamento Fazendinha (Astraff), Robson Castro, a festa pode se tornar parte do calendário oficial do estado de Goiás a partir do próximo ano. “Assim, teremos recursos para organizar o evento”, acredita. Robson adianta que a chegada da Emater-DF ao assentamento trouxe várias melhorias. “Somos muito gratos ao Incra, que se esforçou para viabilizar a chegada da assistência técnica. Hoje, temos muito mais oportunidades de trabalho no assentamento”, declarou.

 

O pré-assentamento Fazendinha possui cem famílias. A maioria produz milho, além de feijão, hortaliças e leite. A Emater-DF atende a três assentamentos no município de Cocalzinho, além de outras comunidades da reforma agrária em Padre Bernardo, Formosa, Água Fria, Vila Boa, Planaltina de Goiás, Cristalina e Cabeceiras de Goiás. A empresa venceu chamada pública do Incra e hoje leva assistência técnica a mais de 4 mil famílias em 29 assentamentos.

 

 

Rinaldo Costa

Assessoria de Comunicação da Emater-DF

Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Distrito Federal - Governo do Distrito Federal

Emater-DF

Parque Estação Biológica, Ed. Sede EMATER-DF CEP: 70.770.915 Brasília - DF Telefone: 3311-9330 E-mail: emater@emater.df.gov.br