Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
18/05/17 às 15h26 - Atualizado em 29/10/18 às 11h41

Circuito da Fruticultura apresenta cultivo consorciado e frutas rústicas

No espaço da Emater na AgroBrasília 2017, técnicos mostram como fazer melhor uso dos recursos e espaços disponíveis na propriedade rural

 

O cultivo integrado de banana, café e pupunha, além da produção de espécies rústicas como o maracujá Pérola do Cerado e a Pitaia são apresentados no circuito da fruticultura, no espaço da Emater-DF na AgroBrasília 2017.

O objetivo é mostrar aos agricultores como desenvolver a produção de várias espécies em uma mesma área para otimizar os recursos naturais – principalmente a oferta hídrica -, os recursos humanos e os insumos.

 

Dentre as principais vantagens do cultivo consorciado estão o menor gasto de mão de obra e

de insumos, maior retorno financeiro por área, melhor distribuição de receita durante o ano,

maior quantidade de produtos por área, melhor eficiência na irrigação e maior equilíbrio entre

nutrientes do solo.

 

Além do plantio integrado, são apresentadas formas de plantio do maracujá BRS Pérola do Cerrado, que é resistente e exige menos mão de obra, e a Pitaia, que também é uma planta rústica, que exige pouca água, pouco manejo e tem se mostrado uma boa alternativa para agricultura familiar pelo preço da fruta. Cada Pitaia pode custar entre R$ 5 a R$ 8 no supermercado. Cada pé pode produzir de 30 a 40 frutos durante sua vida produtiva.

 

 

DSCN4658a

DSCN4665 a

 

Assessoria de Comunicação da Emater-DF

Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Distrito Federal - Governo do Distrito Federal

Emater-DF

Parque Estação Biológica, Ed. Sede EMATER-DF CEP: 70.770.915 Brasília - DF Telefone: 3311-9330 E-mail: emater@emater.df.gov.br