Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
22/09/20 às 11h24 - Atualizado em 22/09/20 às 11h27

Arcag se consolida como uma das principais parceiras da Emater-DF no desenvolvimento rural


Associados comemoram os 40 anos da Arcag, em 2017

 

Fundada em 1973, a Associação Rural e Cultural Alexandre de Gusmão (Arcag) é uma das principais parceiras do Governo do Distrito Federal (GDF) na realização de eventos rurais em Brazlândia e também no desenvolvimento econômico e social dos produtores rurais da região. Ao lado da associação, a Emater-DF, a Secretaria de Agricultura e a Administração Regional de Brazândia já realizaram 25 festas do Morango e cinco da Goiaba.

 

Com formação majoritária de japoneses e seus descendentes, a organização conta hoje com cerca de 60 famílias afiliadas, que mantêm as tradições do Japão e contribuem com uma das regiões agrícolas mais produtivas do Distrito Federal.

 

Segundo o presidente da Arcag, Yukio Yamagata, a associação funciona oficialmente — com registro, estatuto e demais exigências legais — desde 1977. “Nessa época, a maioria das famílias chegaram a Brasília vindas do estado de São Paulo”, relembra. O trabalho dos produtores na região sempre foi voltado para hortaliças. No entanto, nos últimos tempos, o foco tem sido nas produções de morango e, principalmente, goiaba.

 

“Na década de 1990, a produção de morango estava no auge, então decidimos fazer a Festa do Morango”, conta, acrescentando que o evento cresceu muito rápido e já se consolidou como a principal festa agrícola de Brasília. Desde 2001, a lei 2.678 inclui o a comemoração no calendário oficial do GDF.

 

O vice-presidente da associação, Shoji Saiki, acredita que a Festa do Morango valoriza o produtor rural. “Antigamente, os agricultores não tinham muita visibilidade, eram vistos como caipiras. Mas sabemos que, para produzir, é necessário grande conhecimento e domínio da tecnologia”, aponta Saiki, que é natural de Ehemi, no Japão, e mora no Brasil desde a infância.

 

Saiki aposta que a Festa da Goiaba pode repetir o sucesso da Festa do Morango. “Abrimos uma porta importante e fizemos a população urbana conhecer nossa região e nossos produtos. O êxito da Festa da Goiaba neste ano, mesmo com a pandemia, é uma prova disso”, vislumbra o produtor.

 

O professor de matemática Fabio Hissao Harada não está diretamente ligado à produção, mas sua família possui uma agroindústria que fabrica polpas de frutas. Integrante da nova geração, aos 31 anos, Fabio enxerga na Arcag um importante elo entre as famílias, as tradições japonesas e a importância do campo. “A preservação da cultura é algo importante para os mais jovens, que aprendem a valorizar suas raízes”, avalia.

 

A Arcag promove atividades como um torneio poliesportivo, a comemoração do dia dos finados com uma dança característica e vários outros eventos locais. A associação mantém contato com outras entidades de japoneses e descendentes em todo o país e tem parceria com a Embaixada do Japão. “Oferecemos também aulas de japonês, abertas a toda a comunidade e a um custo acessível”, acrescenta Shoji Saiki.

 

Trabalhando há 26 anos no escritório local da Emater-DF em Brazlândia, a extensionista rural Lucina Xavier vê uma forte união da Arcag com a empresa. “É quase como se fôssemos um só, já que temos os mesmos objetivos. Eles sempre estão dispostos a nos ajudar, cedendo seu espaço privilegiado para a realização de eventos, exposições e cursos técnicos que oferecemos”, afirma.

 

Luciana aponta ainda o alto nível de organização da Arcag. “Mesmo em épocas de crise, como a falta de água em 2017 e essa atual, eles não enfraqueceram e continuaram seu forte trabalho, mantendo o alto padrão da produção agrícola local. Sem dúvida, são um dos principais responsáveis pelo desenvolvimento agrícola em Brazlândia”, completa a economista doméstica da Emater-DF.

 

A Emater-DF

Empresa pública que atua na promoção do desenvolvimento rural sustentável e da segurança alimentar, prestando assistência técnica e extensão rural a mais de 18 mil produtores do DF e Entorno. Por ano, realiza cerca de 150 mil atendimentos, por meio de ações como oficinas, cursos, visitas técnicas, dias de campo e reuniões técnicas.

 

 

Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Distrito Federal - Governo do Distrito Federal

Emater-DF

Parque Estação Biológica, Ed. Sede EMATER-DF CEP: 70.770.915 Brasília - DF Telefone: 3311-9330 E-mail: emater@emater.df.gov.br