Governo do Distrito Federal
10/10/22 às 9h50 - Atualizado em 11/10/22 às 11h20

Produtores rurais do DF participam do Dia de Campo do Morango

COMPARTILHAR

Coordenada pela Emater-DF, atividade visa difundir e qualificar a produção da hortaliça no DF

 

 

Com o objetivo de qualificar e levar a produção do morango para todas as regiões do DF, a Emater coordenou, no último sábado (3 de setembro), o Dia de Campo do Morango, que aconteceu na propriedade do produtor Antônio Evangelista da Silva, localizada no Núcleo Rural Chapadinha, em Brazlândia. O evento integra o calendário da 26ª Festa do Morango e teve a participação de 64 pessoas, incluindo produtores rurais e estudantes de agronomia.

 

A atividade foi dividida em quatro estações temáticas: mudas e cultivares, controle de pragas e doenças, sistemas de irrigação mais utilizados e plasticultura. De acordo com o coordenador de Operações da Emater-DF, Pedro Ivo, a Festa do Morango não visa só a comercialização, mas também qualificar a produção no DF. “O nosso objetivo é sempre melhorar a produção rural. O intuito deste Dia de Campo é qualificar os produtores, mostrar como produzir o morango para as pessoas que ainda não produzem, ou seja, difundir a tecnologia de produção do morango por meio da demonstração técnica”, avaliou.

 

O gerente do escritório local de Alexandre de Gusmão, Sérgio Rufino, participou da atividade falando sobre controle de pragas e doenças, com foco no ácaro do morango, a principal praga que tem na região e que acomete no período seco.  “A Emater-DF é uma empresa de assistência técnica, então, estamos difundindo a tecnologia para os produtores da região e levando também para produtores de outras regiões para aumentar a produção dessa cultura no DF. 95% da produção de morango no DF está concentrada na região de Brazlândia e queremos levar para outras regiões porque é uma cultura que gera muita renda, cria muita mão de obra, muitos empregos”, ressaltou.

 

Conhecimento

O anfitrião do Dia de Campo do Morango, Antonio Evangelista da Silva, iniciou o cultivo da hortaliça com dez mil pés e atualmente já tem 80 mil. “Comecei a plantar morango em 1991 e hoje divido a produção com meu filho. A Emater-DF tem sido a nossa grande parceira e é uma satisfação receber todo mundo aqui e compartilhar tudo que aprendemos”, disse.

 

Francisco Miguel de Lucena é produtor de morango orgânico no Lago Oeste e também fez o Dia de Campo, que considerou importante para aprimorar seu conhecimento sobre o cultivo. “Aprendi coisas que eu não sabia, como a manutenção da irrigação no fluxo correto, que para nem molhar de mais nem de menos, por meio do uso de sensores, algumas orientações na organização no sistema de alimentação da água, a questão de quantidade de fertilizantes na água, o uso do mulching, do túnel e muitas outras informações que desconhecia”, falou.

 

O produtor rural e vice-presidente da Coopebras, Marcos da Silva Almeida, participou do Dia de Campo para ampliar o networking. “Participar desta atividade é estar em contato com o pessoal da Emater-DF, da Embrapa, com vários produtores e estudantes e isso representa uma troca de conhecimento enorme. Uma coisa que passava desapercebido na sua propriedade e a gente acaba vendo que pode melhorar”, ponderou.

 

A produção de morango em todo o DF, em 2021, segundo dados da Emater-DF, chegou a mais de oito mil toneladas produzida por 351 produtores rurais numa área cultivada de 181,366 hectares, incluindo os cultivos orgânico e convencional. Brazlândia, que lidera o ranking, foi responsável por 6.728,94 toneladas.  Altitude, amplitude térmica e baixa recorrência de chuva favorecem a produção da hortaliça.

 

Segundo o gerente do escritório da Emater-DF em Brazlândia, Claudinei Machado, o morango hoje é um curinga da produção da cidade e já se tornou tradicional. “Estamos realizando a 26ª edição da Festa do Morango, no auge da colheita do morango que acontece entre os meses de julho a setembro e o Dia de Campo é para mostrar e enriquecer um pouco mais sobre o que é a cultura do morango para a produção agrícola do DF. Muitos não sabem, mas só na região, existem 14 variedades da hortaliça, por exemplo, algumas são mais resistentes na prateleira, outras com sabor mais adocicado ou sabor mais ácido ou ainda com a textura mais crocante. Há diversos tipos e cada um deles é adaptado a uma situação. Dessa forma, estamos levando todo o panorama da produção para os presentes”, explicou.

 

Festa do Morango

A 26ª Festa do Morango começou no dia 2 de setembro e segue entre os dias 7 a 11 /9, na sede da Arcag, localizada no Incra 6, em Brazlândia. O evento é organizado pela entidade com apoio da Emater-DF, da Administração Regional de Brazlândia e da Secretaria de Turismo. Durante o evento, os visitantes poderão comprar a fruta in natura e alimentos produzidos com a hortaliça, como geleias, doces, sucos, dentre outros.

Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Distrito Federal - Governo do Distrito Federal

Emater-DF

Parque Estação Biológica, Ed. Sede EMATER-DF CEP: 70.770.915 Brasília - DF Telefone: 3311-9330 E-mail: emater@emater.df.gov.br