Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
1/08/17 às 14h28 - Atualizado em 29/10/18 às 11h42

União em prol de todos

 

Agricultores do Assentamento 1º de Julho, em São Sebastião, realizam consórcio e mutirão para construir reservatórios de água

 

O Assentamento 1º de Julho, na região administrativa de São Sebastião, possui 60 famílias, que produzem, principalmente, hortaliças para subsistência. Devido às dificuldades com abastecimento de água na região, a lavoura só é possível no período das chuvas. Com apoio da Emater-DF, a comunidade iniciou um consórcio para construção de reservatórios que vão possibilitar o cultivo de legumes e verduras durante todo o ano. O primeiro tanque foi erguido na propriedade da agricultora Kellen Lourdes Ferreira, no último fim de semana.

 

De acordo com o extensionista José Gonçalves, do escritório da Emater-DF em São Sebastião, os tanques de ferro-solo-cimento são mais econômicos e duradouros. “É uma tecnologia barata e simples, que vai permitir a melhoria das condições econômicas da comunidade”, observa José. Ele acrescenta ainda que a forma escolhida para construção dos reservatórios foi o mutirão. “Com isso, os tanques ficam prontos mais rápido e incentivamos a integração entre os agricultores do assentamento”, informa o extensionista.

 

Para Kellen, a expectativa é grande. “Acredito que vamos melhorar bastante, a renda vai aumentar e nossa qualidade de vida vai dar um salto”, comemora. Ela mora na propriedade com o marido e dois filhos e planta mandioca, feijão de corda, abóbora, pimenta de cheiro, dentre outros. “Em breve, a Emater-DF vai fazer um projeto de lavoura e vamos poder vender em feiras, no comércio e nos programas de compras do governo”, sonha Kellen.

 

O custo médio de um tanque de ferrocimento com capacidade para 12 mil litros é de R$ 1,2 mil. Com o consórcio, formado por dez pessoas, cada agricultor paga R$ 120 por mês. A cada 30 dias, um dos assentados é sorteado. Os trabalhadores, então, realizam o mutirão para construir o reservatório, que leva praticamente uma manhã para ficar pronto. É necessário esperar três dias para o tanque secar, quando o equipamento leva mais uma demão de cimento.

 

Além da irrigação, os tanques também podem abrigar peixes. O agricultor Daniel Aparecido Menezes, do mesmo assentamento, construiu, por conta própria, um reservatório em sua chácara. Além de molhar a lavoura de milho, alface, cebolinha, coentro e rúcula, ele cria tilápias. “Com um filtro, é possível levar água para irrigar a plantação e eu tenho uma alternativa para aumentar a renda, além de alimentar a família”, explica o produtor.

 

01.08 tanque_assentamento_daniel
O agricultor Daniel Aparecido Menezes aproveita o tanque de irrigação para criar tilápias

 

Rinaldo Costa
Assessoria de Comunicação – Emater-DF

Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Distrito Federal - Governo do Distrito Federal

Emater-DF

Parque Estação Biológica, Ed. Sede EMATER-DF CEP: 70.770.915 Brasília - DF Telefone: 3311-9330 E-mail: emater@emater.df.gov.br