Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
3/04/19 às 8h40 - Atualizado em 3/04/19 às 13h57

Salgados veganos garantem renda à família de produtores

Com um crescimento nas vendas acima de 200% no último ano, Carla Burin e sua família têm alcançado sucesso comercializando salgados veganos no atacado. A maioria dos produtos usados na elaboração dos petiscos é plantada na propriedade, localizada na área rural de Sobradinho. Mandioca, batata doce, milho, as ervas dos temperos e os pés de jaca. Toda a produção é certificada como orgânica e a família colabora em todas as etapas.

 

Diferente do vegetariano, que exclui todos os tipos de carnes, o vegano não consome nenhum alimento de origem animal – como carnes, ovos e laticínios, por exemplo. Burin conheceu o mundo vegano em 2014, quando uma amiga comentou que não encontrava muitas opções. A produtora viu ali uma oportunidade de negócio. “Minha família já fazia pães, mas eu queria um diferencial e comecei a testar massas de pão substituindo o ovo e o leite”, afirma. Após alguns cursos no Centro de Capacitação Tecnológica e Desenvolvimento Rural da Emater-DF (Centrer) e com a parceria no aperfeiçoamento das receitas, a produtora chegou a entregar para uma casa vegana na Asa Norte, mas o ritmo de produção era intenso.

 

“Com o tempo de prateleira curto, não havia como estocar os pães e isso exigia que a produção fosse constante”, explica o técnico em agroindústria da Emater-DF Fábio Roberto. Carla Burin considerou que tinha mais retorno com o pão de queijo fit, aprendido também em cursos no Centrer, do que com os pães. “Eu tive que decidir se continuava com pães naquela roda viva ou se me tornava uma empresária”, conta a produtora. Ela aperfeiçoou a receita do pão de queijo vegano e deu no nome de pão de beijo. Passou também a fazer coxinha de jaca, quibe vegano e a vender separadamente a poupa de jaca, usada como substituta para a carne.

 

Toda a família colabora com o negócio rural. Carla cuida da parte administrativa e produção, enquanto o pai toca a lavoura e a mãe ajuda na área da agroindústria. A profissionalização ficou mais evidente depois de uma consultoria para criar a embalagem e possibilitou entregar em lojas. A modelagem dos salgados, porém, ainda era feita à mão e a família decidiu comprar uma máquina modeladora.  “Passamos a produção de 400 salgados por dia para 4.000 por hora”, conta. Segundo Carla, mesmo sendo um investimento alto e a máquina ficando 80% do tempo ociosa, a aquisição valeu a pena. “Já conseguimos o retorno desse investimento”, afirma a produtora.

 

“O diferencial é que a Carla só fez esse investimento alto depois que teve certeza que o mercado poderia absorver o produto”, destaca Fábio Roberto. Atualmente, os salgados da Fazenda Burin são distribuídos em 20 lojas em Brasília, duas lojas em São Paulo (SP) e em breve chegarão a Unaí (MG) e Curitiba (PR). Para Carla é uma satisfação ver o sucesso a cada ano. “A renda da chácara é toda da produção”, comemora.

 

Veja a seguir uma receita com carne de Jaca disponibilizada pela produtora:

 

Moqueca de Jaca Verde Desfiada

 

Ingredientes

500g de jaca verde desfiada Burin

1 cebola picada

3 dentes de alho picado

2 tomates

1 pimentão vermelho

1 maço de coentro

Pimenta dedo de moça (a gosto)

500ml de leite de coco

1 colher de sopa de sal

2 colheres de sopa de azeite de oliva

3 colheres de sopa de azeite de dendê

 

Modo de preparo

Numa panela de barro, esquente o azeite e adicione a cebola, o alho, o tomate e o pimentão. Tempere a carne de jaca com limão.
Acrescente a jaca e o leite de coco ao refogado e tempere com coentro. Deixe ferver. Adicione o dendê, misture e apague o fogo.

Dica: Sirva com uma farofa de alho torrado, arroz branco e cheiro verde.

 

João Burin, pai de Carla, cuida dos plantios orgânicos.

 

Dona Bernardina Burin, mãe de Carla, modelando os salgados com a máquina adquirida pela família. 

 

Ao lado do técnico da Emater-DF Fábio Roberto, Carla Burin mostra as embalagens que possibilitaram a venda em lojas.

 

 

 

Diândria Daia 

Assessoria de Comunicação Social

Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Distrito Federal - Governo de Brasília

Emater-DF

Parque Estação Biológica, Ed. Sede EMATER-DF CEP: 70.770.915 Brasília - DF Telefone: 3311-9330 E-mail: emater@emater.df.gov.br