Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
22/05/19 às 10h34 - Atualizado em 22/05/19 às 11h12

Projeto qualifica trabalhador do campo e cria banco de oportunidades voltadas para área rural

Serão ofertados cursos para as áreas de bovinocultura, piscicultura, olericultura, fruticultura, floricultura e avicultura

 

Para estimular a produção rural, valorizar o trabalho no campo e proporcionar maior conhecimento sobre técnicas de produção agropecuária, a Emater-DF aposta no Programa de Fortalecimento do Emprego e Qualificação do Setor Agropecuário. O projeto cria um banco de empregos específico para área rural e vai oferecer cursos de qualificação voltados para as necessidades do campo.

 

A proposta será viabilizada por meio de acordo de cooperação técnica entre a empresa e as secretarias da Agricultura, de Educação e do Trabalho. O banco de empregos, uma parceria com a Secretaria de Trabalho, terá ofertas específicas para área rural e reunirá todas as informações relativas à oferta e à demanda do setor.

 

Qualificação

 

Os cursos de qualificação serão fornecidos gratuitamente e a expectativa é que a partir de junho as inscrições já estejam abertas ao público interessado. As oportunidades serão para aqueles que desejam entrar e permanecer no setor agropecuário. Inicialmente serão ofertados cursos para as áreas de bovinocultura, piscicultura, olericultura, fruticultura, floricultura e avicultura.

 

De acordo com o coordenador do projeto, o engenheiro agrônomo Wilson José Brandão Júnior, a Emater-DF fez análise de todas as áreas para saber as reais necessidades do setor e ofertar . “A Emater fez um estudo preliminar identificando em quais áreas teríamos mais interessados nos cursos. Foram ouvidos setores do mercado, setores produtivos e até mesmo os possíveis beneficiários”, explica.

 

 

Wilson Júnior informou ainda que os melhores alunos, independentemente de terem renda ou não, desde que desejem entrar no ramo agropecuário, vão receber ajuda de custo. Também haverá encaminhamento para as ofertas abertas na área. “É claro que tudo isso vai variar de acordo com o currículo do próprio aluno, mas a Emater tem todo o interesse em recolocar essas pessoas no mercado agropecuário”, esclarece.

 

A produção é apenas uma parte de todo o processo e exige do produtor rural e de trabalhadores da área conhecimentos aprofundados. “Essa qualificação vai fazer com que a produtividade do trabalho seja maior do que é atualmente. Ou seja, todos ganham: o setor produtivo, o trabalhador rural, o empregador e a agricultura familiar”, pondera.

 

A Central de Abastecimento do DF (Ceasa), o Instituto Federal de Brasília (IFB), a Federação de Agricultura e Pecuária do Distrito Federal (Fape/DF), o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) e a Fundação Universidade Aberta do Distrito Federal (FUNAB) também são parceiras do programa.

 

 

Joelma Pereira

Assessoria de Comunicação Social

Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Distrito Federal - Governo do Distrito Federal

Emater-DF

Parque Estação Biológica, Ed. Sede EMATER-DF CEP: 70.770.915 Brasília - DF Telefone: 3311-9330 E-mail: emater@emater.df.gov.br