Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
22/07/19 às 11h27 - Atualizado em 22/07/19 às 13h50

Projeto de turismo rural apoiado pela Emater-DF reúne 100 pessoas em fazenda histórica

 

Público participa de atividade na Fazenda Velha, em Sobradinho

 

Mais de cem pessoas participaram, neste domingo (21), do projeto Memórias e Saberes — um dia de visitação à Fazenda Velha, propriedade histórica no núcleo rural Capão da Erva (região administrativa de Sobradinho). Comercialização de produtos da roça, lazer e entretenimento, palestra sobre criação de abelhas e um almoço rural foram as principais atrações da atividade, que teve o apoio da Emater-DF.

 

Visitação a chácaras do Circuito Rajadinha, em Planaltina, começa em agosto

Universidade de Coimbra aborda em livro projeto de educação ambiental de assessor da Emater

 

De acordo com a extensionista rural Giselle Beber Canini, do escritório da empresa no Paranoá, dez produtores de regiões próximas realizaram essa primeira atividade como uma experiência de produção rural associada ao turismo. “A partir do resultado da visitação, vamos fazer uma análise junto com os empreendedores para avaliar como o projeto pode ser aperfeiçoado”, explica Giselle.

 

Recepção aos participantes da atividade de turismo rural neste domingo

 

No local, o público pôde conhecer um pouco da história da fazenda, além de acessar opções de compras, como plantas ornamentais e flores, mel, sorvetes com sabores regionais, artesanato rural, produtos orgânicos, dentre outros. A criançada pôde se divertir em brinquedos e passeios de charrete e a cavalo.

 

História
Fundada na segunda metade do século 19, a Fazenda Velha foi um dos primeiros lugares que serviu de pouso para a equipe da Missão Cruls —expedição chefiada pelo astrônomo e geógrafo belga Louis Cruls. O grupo foi instalado por determinação do governo federal que, em 1891, determinou que a capital do Brasil deveria ser transferida para o interior.

 

Integrantes da Missão Cruls, que demarcou área da capital no século 19 / Foto: Arquivo Público do DF

 

A equipe, de 21 pessoas, veio estudar os possíveis locais para a instalação da futura capital, analisando o relevo, clima, rios e demais condições. Na época, a região era formada pelos municípios goianos de Formosa, Luziânia, Planaltina e Brazlândia — as duas últimas foram incluídas no Distrito Federal quando Brasília foi construída.

 

De acordo com a turismóloga da Emater-DF, Zaida Regina da Silva, a propriedade tem potencial para se tornar um polo de turismo rural. “As regiões rurais de Brasília têm a vantagem de oferecer uma produção agropecuária diversificada e de boa qualidade, além da proximidade com a área urbana, o que facilita o acesso da população”, aponta.

 

A Emater-DF
Empresa pública que integra o Sistema Agricultura do Distrito Federal junto com a Secretaria de Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural e a Ceasa. A Emater atua na promoção do desenvolvimento rural sustentável e da segurança alimentar, prestando assistência técnica e extensão rural a mais de 18 mil produtores do DF e Entorno. Por ano, realiza cerca de 120 mil atendimentos, por meio de ações como oficinas, cursos, visitas técnicas, dias de campo e reuniões técnicas.

 

Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Distrito Federal - Governo do Distrito Federal

Emater-DF

Parque Estação Biológica, Ed. Sede EMATER-DF CEP: 70.770.915 Brasília - DF Telefone: 3311-9330 E-mail: emater@emater.df.gov.br