Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
28/03/18 às 11h30 - Atualizado em 29/10/18 às 11h44

Produção de alimentos com responsabilidade ambiental

 

Ministério da Agricultura lança plataformas virtuais para auxiliar produtores a adotar práticas sustentáveis 

 

A plataforma virtual ABC (Agricultura de Baixo Carbono) –, que monitora as emissões de gases de efeito estufa –, e a plataforma Webambiente, com soluções tecnológicas e serviços para fazer cumprir o Código Florestal brasileiro foram lançadas nesta quarta-feira (28), em Brasília. As duas ferramentas foram desenvolvidas pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), em parceria com Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e o Ministério do Meio Ambiente.

 

Na ocasião, o ministro da Agricultura, Blairo Maggi, disse que o Brasil está muito à frente dos demais países na preservação ambiental. “Essas duas ferramentas comprovam os avanços nas propriedades rurais”, observou.

A Plataforma ABC será usada na execução da Política Nacional sobre Mudanças do Clima (PNMC) e do Plano Setorial para Consolidação de uma economia de Baixa Emissão de Carbono na Agricultura (Plano ABC). Já o WebAmbiente, via internet, agrega informações sobre os biomas brasileiros classificados em módulos de cadastro de áreas, diagnóstico interativo, espécies nativas indicadas e seu potencial econômico, técnicas e modelos disponíveis (viveiros, mudas, cursos) análise de custos e biblioteca digital.

 

Ações em Brasília — O coordenador do Programa de Inovação Tecnológica da Emater-DF, Luiz Carlos de Britto, que participou do evento, avaliou de forma positiva o lançamento das duas ferramentas. “São plataformas muito úteis e bem desenvolvidas, que vão ajudar os extensionistas no trabalho de assistência aos produtores”, explicou.

 

Segundo Luiz Carlos, a Emater-DF já implantou quatro unidades demonstrativas de Integração Pecuária–Lavoura–Floresta (IPLF) no Distrito Federal, que em breve servirão como espaços para capacitação e apresentação sobre as vantagens do sistema. A IPLF é uma das principais técnicas de redução de gases de efeito estufa na agricultura. Em maio, extensionistas da empresa distrital participarão de um curso na Embrapa sobre o Plano ABC. Estão programadas, para este ano ainda, visitas a propriedades que adotam a prática em Goiás.

 

Assessoria de Comunicação – Ministério da Agricultura

Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Distrito Federal - Governo do Distrito Federal

Emater-DF

Parque Estação Biológica, Ed. Sede EMATER-DF CEP: 70.770.915 Brasília - DF Telefone: 3311-9330 E-mail: emater@emater.df.gov.br