Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
3/12/19 às 14h53 - Atualizado em 3/12/19 às 14h53

Mais de 80 moradores de Rio Preto tiram carteira de identidade em dia especial da Emater-DF

Comunidade tira carteira de identidade em dia especial no Rio Preto

 

Pouco mais de 80 pessoas, entre produtores, crianças e moradores da comunidade de Rio Preto e áreas próximas, conseguiram fazer a expedição da carteira de identidade em dia especial proporcionado pelo escritório da Emater-DF de Rio Preto em parceria com a Secretaria de Segurança Pública e a Polícia Civil.

 

Mais de 25 pessoas, que ficaram sem o atendimento, serão levados pela Emater até Planaltina, em dia e horário agendados, para fazer o documento.  O evento foi viabilizado para facilitar a vida dos moradores com deslocamento, além de oferecer um dia de vendas, aprendizado e interação entre o público. “Apesar de cidadania ser um direito de todos, muitos produtores e moradores da área rural não conseguem agendamento e nem transporte para ir até a cidade. Nossa ideia é trazer cidadania para essas pessoas”, ressaltou a gerente do escritório da Emater-DF em Rio Preto, Amanda Venturim.

 

Presidente da Emater prestigia evento e o projeto Conexão Mulher Rural

 

Para aproveitar a oportunidade de comercialização, as mulheres do projeto Conexão Mulher Rural reuniram-se no local para vender seus produtos. Artesanato, trabalhos manuais, plantas ornamentais, produtos para jardinagem, perfumes, panelas, queijos, doces e biscoitos, tudo feito pela própria comunidade. O Dia de Feira do Rio Preto acontece a cada dois meses. “A gente tenta pegar alguma reunião da escola, início de mês ou evento como esse para juntar as produtoras e ajudá-las na comercialização com esse Dia de Feira”, afirmou Amanda.

 

A presidente da Emater-DF, Denise Fonseca, prestigiou o evento, destacou a importância dele para comunidade carente da região, e parabenizou as mulheres do conexão rural pelos progressos na comercialização e profissionalização do trabalho. “Estamos em tempo de ação. Essa vida da Polícia Civil até aqui representa muito mais, para essas pessoas, do que qualquer um possa imaginar. Nessa região tem muita gente guerreira, que precisa e merece oportunidade”, ressaltou.

 

Mãos que Doam, Mãos que Recebem

Teve também o projeto Mãos que Doam, Mãos que Recebem. Encampado pelo escritório da Emater-DF, que recolhe doações de roupas, sapatos e objetos diversos,  moradores da região se beneficiam dos produtos, levam algumas peças que queiram e deixam outras que não querem mais.

 

 

Projeto Mãos que Doam, Mãos que Recebem visa levar doações a comunidade carente da região

 

A extensionista Regina Lima, que em Rio Preto, explicou que o projeto surgiu diante da percepção dos extensionistas da empresa sobre a necessidade dos moradores. “É uma comunidade carente, que vive em um local distante, sem renda, sem lazer, sem oportunidades de trabalho e em condição de extrema pobreza”, disse Regina.

 

Qualquer pessoa pode participar com doações e também das trocas. “Esse projeto acontece uma vez por mês ou sob demanda. Quando alguém precisa de alguma coisa que a gente sabe que tem lá, a gente leva até essa família”, ponderou Amanda Venturim. Interessados em doar para o projeto podem procurar o escritório da Emater-DF em Rio Preto ou entrar em contato pelo telefone (61) 3501-1993.

 

 

A Emater-DF
Empresa pública que atua na promoção do desenvolvimento rural sustentável e da segurança alimentar, prestando assistência técnica e extensão rural a mais de 18 mil produtores do DF e Entorno. Por ano, realiza cerca de 150 mil atendimentos, por meio de ações como oficinas, cursos, visitas técnicas, dias de campo e reuniões técnicas.

 

 

 

Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Distrito Federal - Governo do Distrito Federal

Emater-DF

Parque Estação Biológica, Ed. Sede EMATER-DF CEP: 70.770.915 Brasília - DF Telefone: 3311-9330 E-mail: emater@emater.df.gov.br