Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
19/08/19 às 16h40 - Atualizado em 2/10/19 às 1h21

Filhos deste Solo começa formação empreendedora de jovens rurais em Brazlândia

Primeira turma iniciou o curso na manhã desta segunda-feira (19), após solenidade em Brazlândia

 

Começou na manhã desta segunda-feira (19) a primeira turma do curso de capacitação e empreendedorismo para jovens rurais, do programa Filhos deste Solo, da Emater-DF. O lançamento ocorreu na presença da primeira turma do projeto, cerca de 20 jovens de Brazlândia, pais, autoridades e técnicos da empresa. Ao todo, o programa oferece 200 vagas, que serão divididas em dez turmas de 20 alunos cada.

 

Durante a solenidade de lançamento do projeto, a presidente da Emater-DF, Denise Fonseca, ressaltou a importância do jovem para o campo na sucessão rural. “É do campo, da atividade rural, que o povo da cidade se alimenta. A agricultura familiar tem um papel fundamental nesse mercado. Vocês, jovens, precisam e devem estar cientes do papel de vocês”, ponderou.

 

Programa Filhos deste Solo abre inscrições; veja como participar

 

Denise enfatizou aos jovens as perspectivas de desenvolvimento econômico, social e cultural no campo e afirmou que a empresa, juntamente com as entidades apoiadoras, aposta na sucessão rural. “Nossos jovens precisam de educação de qualidade, linhas de crédito específicas, cultura e lazer no campo, assim como toda uma infraestrutura que permita sua permanência no meio rural”, disse.

 

Alunos de Brazlândia recebem material didático para início do curso

 

Capacitação e cooperação

Presente no evento, o oficial de Juventude do Fundo de População das Nações Unidas, Caio Oliveira, um dos apoiadores do projeto, afirmou que a entidade está firmando parceria com a Emater-DF para promover cooperação técnica em trabalhos relacionados aos objetivos do desenvolvimento sustentável e falou sobre a importância desse tipo de capacitação.

 

“A gente tem que fazer com que os jovens entendam que eles pertencem a uma comunidade maior e que esse empreendimento dele [o projeto que será desenvolvido] vai atingir toda a comunidade e seu entorno. Vai beneficiar todos os seus pares e não apenas ele, de forma individual.” 

 

Para o reitor do Instituto Federal de Brasília (IFB), Wilson Conciani,  o projeto traz oportunidade. “A sucessão no campo é essencial para que a gente não perca a qualidade e a produtividade que a gente tem. Trazer os jovens para isso inova, areja”, ponderou. O reitor colocou o IFB à disposição da Emater-DF para atuar na formação, na parte técnica, na parte empreendedora e no que for preciso para auxiliar no empreendedorismo dos jovens.

 

Comercialização

Wilder Santos, da Ceasa-DF, falou sobre a participação da empresa no processo. “Vamos discutir com vocês a parte da comercialização e a importância dos espaços de comercialização. Aos pequenos produtores, aos médios, aos grandes, aos filhos destes produtores, que possam a partir deste projeto entender a importância que vocês têm na permanência no campo.” 

 

Também presente no evento, o subsecretário da Juventude, Miguel Nabut, ressaltou que o Brasil está dando sinais positivos para o mundo na área rural. “A área que nós temos de maior crescimento no Brasil e no mundo é a área agrícola. Vocês, que estão querendo empreender nesse segmento, estão no caminho certo.”

 

“É um programa que a gente acredita ser de fundamental importância. A Emater está acreditando nisso enquanto governo e a gente vai junto, porque o Sistema de Agricultura é composto pela Secretaria de Agricultura, Ceasa e Emater”, disse o secretário-executivo da Secretaria de Agricultura, Luciano Mendes, que também elogiou a participação e esforço do coordenador do projeto Filhos deste Solo, Roberto Bemfica, para dar andamento à proposta e também a aposta e empenho da direção da empresa no projeto.  

 

De acordo com Roberto Bemfica, o objetivo é resgatar a dignidade do jovem rural. “Nós queremos que o jovem permaneça no campo e acreditamos que lá ele tem espaço e condições de crescer e se desenvolver. Por isso a proposta do nosso programa é que o jovem rural do Distrito Federal tenha o melhor lugar para crescer, viver e se desenvolver do Brasil.” Na noite desta segunda-feira (19), uma segunda turma será lançada no núcleo rural Taquara, em Planaltina.

 

Atentos, alunos, pais e técnicos ouviram os discursos dos apoiadores

 

Critério

Os participantes devem ter entre 16 e 29 anos e estar ligados de alguma forma a uma propriedade rural – ser proprietário, agricultor, filho de agricultor ou funcionário de empresa ou propriedade rural.

 

O interessado deve procurar o escritório da Emater-DF mais próximo de sua residência ou propriedade, apresentar sua ideia de projeto para a propriedade e providenciar documentos que comprovem o vínculo com propriedade rural e documentos pessoais. As inscrições começam no dia 13 de agosto e podem ser feitas até o preenchimento das vagas. Faça sua inscrição aqui.

 

Formação

Serão 40 horas de curso, em que os jovens irão transformar suas ideias em planos de negócios. Depois desse curso presencial, haverá um tempo de incubação (mentoria) do projeto com acompanhamento por mais 90 dias.

 

O Filhos deste Solo é gratuito. As aulas serão realizadas nos núcleos rurais Tabatinga, Taquara, PAD-DF, Jardim II, Pipiripau, Rio Preto, Brazlândia e no Instituto Federal de Brasília (campus de Planaltina). As inscrições podem ser feitas nos escritórios da Emater ou pelo site da empresa. As turmas de Brazlândia e Taquara, do período de 19 a 30 de agosto, já estão com inscrições encerradas.

 

FAÇA AQUI SUA INSCRIÇÃO NO CURSO

 

 

Página de inscrição do programa Filhos deste Solo na internet

 

Prêmio

Na segunda etapa do projeto, os dez melhores planos de negócios elaborados durante o curso poderão ser premiados. A proposta do prêmio já foi apresentada na Câmara Legislativa e depende de aprovação para ser implementada. A previsão é a de que até R$ 500 mil sejam doados aos ganhadores. Os recursos devem ser usados obrigatoriamente na execução dos planos de negócios.

 

Plano Estratégico

O Programa de Juventude e Sucessão Rural Filhos deste Solo está inserido no Plano Estratégico 2019/2060 do Governo do Distrito Federal, o que demonstra a prioridade do projeto nas ações do governo. Para saber todas as novidades do projeto, siga o Instagram @filhosdestesolo.df. 

 

 Turmas previstas

– Turmas 1 e 2 – 19 a 30/08/2019 – inscrições encerradas

– Turmas 3 e 4 – 2 a 13/09/2019

– Turmas 5 e 6 – 16 a 27/09/2019

– Turmas 7 e 8 – 30/09 a 11/10/2019

– Turmas 9 e 10 – 7 a 18/10/2019

 

* Cada turma terá aula por duas semanas em um período (matutino, vespertino ou noturno).

Serão 40 horas de curso, em que os jovens irão transformar suas ideias em Planos de negócios. Depois desse curso presencial, haverá um tempo de incubação (mentoria) do projeto com acompanhamento por mais 90 dias.

 

 

Mais informações

Gerência de Desenvolvimento Rural da Emater/DF (Roberto Bemfica)

Telefones: 3311-9365 / 99813-1965

E-mail: filhosdestesolo.df@gmail.com

Instagram: filhosdestesolo.df

 

 

A Emater-DF

Empresa pública que integra o Sistema Agricultura do Distrito Federal junto com a Secretaria de Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural e a Ceasa. A Emater atua na promoção do desenvolvimento rural sustentável e da segurança alimentar, prestando assistência técnica e extensão rural a mais de 18 mil produtores do DF e Entorno. Por ano, realiza cerca de 120 mil atendimentos, por meio de ações como oficinas, cursos, visitas técnicas, dias de campo e reuniões técnicas.

Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Distrito Federal - Governo do Distrito Federal

Emater-DF

Parque Estação Biológica, Ed. Sede EMATER-DF CEP: 70.770.915 Brasília - DF Telefone: 3311-9330 E-mail: emater@emater.df.gov.br