Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
21/01/16 às 10h24 - Atualizado em 29/10/18 às 11h36

Equipe de conscientização sobre o Aedes aegypti retorna ao Núcleo Rural de Tabatinga

 

As 275 propriedades do Núcleo Rural de Tabatinga, em Planaltina, começaram a receber nesta quarta-feira (20) a visita de uma equipe de 12 pessoas para recolher materiais que possam reter água parada. A iniciativa faz parte do Plano de Enfrentamento ao Mosquito Aedes aegypti do governo de Brasília.

 

O grupo é formado por quatro extensionistas da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Distrito Federal (Emater-DF), vinculada à Secretaria da Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural; quatro servidores do posto de saúde local; e quatro do Serviço de Limpeza Urbana (SLU). O Departamento de Estradas de Rodagem (DER) também colaborou. Na segunda (18) e na terça-feira (19), a autarquia providenciou roçagem e poda de árvores.

 

Conscientização

 

O trabalho começou na semana passada com orientações da Emater e dos profissionais de saúde para que os moradores juntassem todo o tipo de objeto — como vasilhas, pneus, garrafas e lonas — que pudesse abrigar as larvas. Foram dadas também dicas para se ter um ambiente sem riscos de proliferação do Aedes aegypti. Entre as recomendações, estão virar latas, vasilhas e garrafas de cabeça para baixo, colocar areia nos pratos de plantas e cobrir caixas d’água.

 

A ideia é que a ação seja ao longo de todo o ano, segundo o presidente em exercício da Emater, Rodrigo Marques: “A luta não acaba hoje, nós temos de fazê-la de maneira continuada e promover novas vistorias sempre”.

 

De acordo com Marques, comunidades rurais próximas aos 16 escritórios da Emater espalhados no Distrito Federal receberão o mutirão de limpeza e de conscientização. 20 técnicos passaram por uma capacitação em 15 de janeiro para atuar contra o mosquito.

 

Moradores

 

A região de Tabatinga tem cerca de 400 famílias que correspondem a 2 mil pessoas. Segundo a Emater a população rural do DF é de 90 mil moradores. Dilma da Silva, de 33 anos, é uma das produtoras. Com o marido, planta soja, milho, banana, alface e mandioca. “Foi a primeira vez que vi uma ação dessas. Eles falaram sobre como cuidar das plantas, pediram para que juntássemos os lixos do quintal e as coisas que não utilizávamos mais”, contou Dilma.

 

A proximidade da equipe com os moradores favorece à conscientização. “O extensionista cria um vínculo com a comunidade”, enfatizou Marques. O enfermeiro Dione Mendes exemplifica: “A técnica de enfermagem mora aqui na região, o médico também, e a população é bem mais receptiva porque os conhece”.

 

O projeto-piloto da ação foi feito em 16 e 17 de dezembro de 2015, no Núcleo Rural Rio Preto, em Planaltina. Seis propriedades receberam a visita do grupo da Emater. Nessa comunidade rural, moram 21 famílias representadas por 80 pessoas. Foram recolhidos dois caminhões de lixo com diversos materiais — como plástico de estufa, fogão velho, potes, garrafas e pneus.

 

Agência Brasília

Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Distrito Federal - Governo do Distrito Federal

Emater-DF

Parque Estação Biológica, Ed. Sede EMATER-DF CEP: 70.770.915 Brasília - DF Telefone: 3311-9330 E-mail: emater@emater.df.gov.br