Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
2/03/18 às 10h15 - Atualizado em 29/10/18 às 11h44

Entidades executoras do PNAE no DF realizam oficina de nivelamento para 2018

 

Emater-DF, Seagri-DF e SEDF se reuniram, na terça-feira (27), com representantes das organizações rurais para discutir sobre a execução do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae) 2018

 

Para nivelar as informações, falar das mudanças nos procedimentos administrativos, esclarecer as dúvidas e escutar as sugestões para a execução do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae) em 2018, a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Distrito Federal (Emater-DF), a Secretaria de Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural (Seagri-DF) e a Secretaria de Educação (SEDF) promoveram uma oficina, nesta terça-feira (27), no auditório do Centro de Capacitação e Comercialização (CCC) da Ceasa-DF. Estiveram presentes 50 pessoas, entre nutricionistas e administrativos das dez regionais de ensino que serão atendidas e 32 representantes de Associações e Cooperativas do DF e Entorno, entre presidentes e responsáveis pelas entregas.

 

De acordo com o gerente do Escritório Especializado em Comercialização da Emater-DF, Blaiton Carvalho, foram abordados dois temas para a execução do Pnae 2018. “Tratamos sobre as questões que envolvem o planejamento, pedido e entrega dos alimentos, e sobre os fluxos do processo de pagamento, emissão de notas fiscais e atesto”, disse.

 

O Pnae consiste na transferência de recursos financeiros do Governo Federal para alimentação escolar, de 200 dias letivos, de estudantes de todas as etapas da educação básica pública. Com a Lei nº 11.947, de 16/6/2009, 30% do valor repassado pelo PNAE deve ser investido na compra direta de produtos da agricultura familiar, medida que estimula o desenvolvimento econômico e sustentável das comunidades.

 

Neste ano, serão dez regionais de ensino atendidas, Brazlândia, Núcleo Bandeirante, Recanto das Emas, Santa Maria, São Sebastião, Sobradinho, Ceilândia, Gama, Guará e Samambaia, totalizando 397 escolas. A lista de frutas e hortaliças a serem usadas nas refeições é composta por abacate, abóbora, abobrinha, alface, banana, batata-doce, beterraba, brócolis, cebola, cebolinha, cenoura, chuchu, couve, espinafre, goiaba, limão, maracujá, morango, repolho, salsa, tangerina, tomate, vagem, alho, coentro, couve-flor, inhame, pepino e pimentão.

 

O investimento para a aquisição de alimentos da agricultura familiar, ao longo do ano letivo, é R$ 13 milhões. As entregas vão começar depois de assinados os contratos com as organizações rurais.

 

Associações e cooperativas do DF e Entorno que vão participar do Pnae em 2018:

 

  • Associação dos Produtores Rurais Novo Horizonte e Betinho (Aspronte)
  • Associação dos Produtores de Hortigranjeiros do Distrito Federal (Asphor)
  • Associação dos Produtores Rurais de Alexandre de Gusmão (Aspag)
  • Cooperativa Mista dos Produtores da Agricultura Familiar de Buriti Alegre-GO (Compaf)
  • Cooperativa de Agricultura Familiar Mista do DF (Coopermista)
  • Associação Mista dos Agricultores Familiares, Orgânicos e Produtores Rurais do DF e Entorno (Amista)
  • Cooperativa Mista dos Agricultores e Agricultoras Familiares de Luziânia (Cooperluz)
  • Associacao de Agricultores Familiares da Eco Comunidade do Assentamento 15 de Agosto (Afeca)
  • Associação dos Produtores Rurais da Fazenda Larga (Aprofal)
  • Associação dos Produtores Rurais e Agricultores Familiares de Sobradinho (Aspraf)
  • Associação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar do Assentamento Chapadinha (Astraf-DF)
  • Cooperativa Agricola Buriti Vermelho (Cooper-Horti)

 

Patrícia Távora

Assessoria de Comunicação da Emater-DF

Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Distrito Federal - Governo do Distrito Federal

Emater-DF

Parque Estação Biológica, Ed. Sede EMATER-DF CEP: 70.770.915 Brasília - DF Telefone: 3311-9330 E-mail: emater@emater.df.gov.br