Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
28/03/12 às 8h59 - Atualizado em 29/10/18 às 10h44

Emater Gama faz oficina sobre alimentação para gado

A unidade local da Emater-DF no Gama promoveu no último sábado (24) uma oficina sobre produção de silagem de capineira, no núcleo rural Ponte Alta Norte. O evento aconteceu na Chácara Amizade, da produtora Maria Alves da Silva, e teve como objetivo ensinar noções de manejo de capineira, manejo de pastagem, produção de silagem de milho, implantação e utilização de cana-de-açúcar e análise de viabilidade econômica de cada alimento.

 

A oficina contou com a palestra do zootecnista da Emater-DF Aécio Prado, que falou aos produtores das vantagens e desvantagens de alimentar o gado com silagem de capineira. Segundo o técnico da Emater-DF, a capineira é uma alternativa para o produtor que não tem condição de fazer uma silagem de milho ou sorgo, para alimentar o gado no período seco. No entanto, não é uma boa alternativa para quem busca manter a produtividade de seu rebanho nesse período, por não ter nutrientes suficientes.

 

“A capineira já está estabelecida na propriedade. Então, não é necessário formar uma lavoura, como é o caso do milho, sorgo ou da cana”, afirma Prado. Ele explica que a função da silagem da capineira é armazenar o excedente de forragem produzida na época da chuva para que seja usada no período na seca. “Em pequenas propriedades não é necessário nem mesmo a utilização de implementos como trator, ensiladeira e caminhão. Essas questões já diminuem o custo, porque basta usar um triturador forrageiro simples para o capim e depois fazer a compactação manual”.

 

A maior desvantagem é que a capineira não possui o mesmo valor nutricional da silagem do milho. Assim, o produtor tem que avaliar se a silagem de capineira vai atender ao tipo de animal que ele pretende alimentar. “Manter a produtividade, principalmente de animais com alta exigência nutricional vai exigir um investimento maior na alimentação do rebanho, no entanto, a capineira é suficiente para a manutenção dos animais no período seco”, orienta o técnico.

 

Mas há maneiras de compensar o valor nutritivo da silagem de capineira, acrescentando uma pequena quantidade de ração concentrada. Durante a oficina, Aécio Prado mostrou a viabilidade dessa dieta, comparando com a produtividade de leite. “Podemos atender a exigência nutricional dos animas, produzindo até 10 kg de leite por dia”, afirma o zootecnista.

 

Produtores demonstram a compactação manual da silagem de capineira

Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Distrito Federal - Governo do Distrito Federal

Emater-DF

Parque Estação Biológica, Ed. Sede EMATER-DF CEP: 70.770.915 Brasília - DF Telefone: 3311-9330 E-mail: emater@emater.df.gov.br