Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
9/11/15 às 16h04 - Atualizado em 29/10/18 às 11h35

Em prol da boa alimentação

 

A busca pela alimentação saudável cresce a cada dia. E, para impulsionar, cada vez mais, a produção de alimentos saudáveis o ministro do Desenvolvimento Agrário (MDA), Patrus Ananias, e a ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), Tereza Campello, lançaram nesta sexta-feira (6), o Programa Nacional de Mudas e Sementes para a Agricultura Familiar.

 

A cerimônia de lançamento do Programa ocorreu durante o último dia da 5ª Conferência Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea), que traz como tema ‘Comida de verdade no campo e na cidade: por direitos e soberania alimentar’. Na avaliação do ministro Patrus Ananias, a iniciativa, resultado de uma maior conscientização da população, é um avanço. “Esse é um momento histórico, e essa questão da agroecologia e da produção de alimentos saudáveis é muito importante. Devemos preservar mais nossos recursos naturais. Nós respiramos o mesmo ar, bebemos da mesma água, os recursos naturais e vitais para a conservação da vida são os mesmos”, destacou.

 

Para a ministra, Tereza Campello, o Programa é mais uma semente plantada pela parceria entre MDA, MDS e outros órgãos. “Hoje estamos plantando uma sementinha num terreno fértil. O solo da parceria, da participação da sociedade civil. Estamos aqui nessa conferência para discutir o avanço e a melhora das políticas públicas”, afirmou.

 

O Programa amplia o acesso dos agricultores e agricultoras familiares às sementes e mudas de qualidade reconhecida, adaptadas ao território e de base orgânica e agroecológica, por meio do apoio a programas e ações destinadas à produção, melhoramento, resgate, conservação, multiplicação e distribuição desses materiais propagativos. Também aumenta a capacidade de manutenção, desenvolvimento, multiplicação e disponibilização de sementes crioulas e varietais – melhoradas naturalmente, resultado de cruzamentos de linhagens e variedades.

 

Após a cerimônia de lançamento do Programa, o ministro Patrus Ananias se reuniu com representantes de lideranças quilombolas de várias regiões do Brasil, para ouvir as demandas.

 

Quem pode participar

 

Podem participar do Programa agricultores e agricultoras familiares que, necessariamente, tenham a Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP), que estejam inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (Cadastro Único) e que, preferencialmente, participem do Programa de Fomento às Atividades Produtivas Rurais, previsto na Lei nº 12.512/2011.

 

ASCOM/MDA

Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Distrito Federal - Governo do Distrito Federal

Emater-DF

Parque Estação Biológica, Ed. Sede EMATER-DF CEP: 70.770.915 Brasília - DF Telefone: 3311-9330 E-mail: emater@emater.df.gov.br