Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
3/05/19 às 16h53 - Atualizado em 6/05/19 às 8h52

Conselho de Desenvolvimento Rural do DF discute ações para o setor

Presidente da Emater-DF, Denise Fonseca, apresenta as ações da empresa

 

O Conselho de Desenvolvimento Rural Sustentável do DF (CDRS) realizou nesta sexta-feira (3) a 2ª reunião do ano para discutir questões relacionadas ao campo. A reunião ocorreu na Secretaria de Agricultura. O grupo abordou ações realizadas pelo governo que beneficiaram agricultores locais, como o SOS-DF no meio rural, bem como ações de desenvolvimento e fomento para o setor.

 

O encontro foi coordenado pelo secretário de Agricultura do Distrito Federal, Dilson Resende, e contou com a presença da direção da Emater, da Ceasa, de conselheiros regionais e de representantes de órgãos públicos de áreas como Saúde, Segurança Pública e Fazenda. Para Dilson Resende, o conselho é uma importante ferramenta de gestão para o governo e um elo com as comunidades.

 

“Esse aqui é um canal que a gente tem com as comunidades rurais. […] Esse conselho também tem um papel muito importante e nós devemos nos organizar e buscar utilizar esse instrumento melhor”, ressaltou Resende, que também destacou a importância dos conselhos regionais na intermediação das demandas e necessidades do meio rural.

 

Nota Fiscal Eletrônica

Um dos temas do encontro foi a migração para nota fiscal eletrônica no meio rural. O auditor-fiscal da Receita Federal do DF Sebastião da Cruz, que esteve representando a Secretaria de Fazenda, tratou da migração da nota fiscal manual para nota fiscal eletrônica entre os agricultores. De acordo com ele, até o fim deste ano o novo modelo já deve funcionar no meio rural, com necessidade de certificado digital, internet, computador e credenciamento pela Secretaria de Fazenda.

 

“Vai haver um período de transição para que se façam essas adaptações e vai ser muito vantajoso para o produtor rural. Não tem como fugir, uma hora a tecnologia tinha que chegar na área rural também. É a última área econômica que está faltando a nota fiscal eletrônica, justamente pela particularidade da atividade rural e de todas as dificuldades. ”, ressaltou o auditor, que também apresentou soluções para facilitar a vida dos agricultores.

 

A presidente da Emater-DF, Denise Fonseca, sugeriu a retomada do terminal do produtor nos escritórios regionais. “Pelo menos para disponibilizar um computador e uma impressora para gente facilitar esse trabalho do produtor, porque a gente sabe como é difícil essa questão”, ressaltou. Denise também lembrou que a empresa instalou internet em todos os núcleos rurais, com disponibilização da senha, para auxiliar o agricultor em questões que necessitam da rede.

 

AgroBrasília 2019

A Emater-DF aproveitou a ocasião para convidar os presentes para conhecer os circuitos que estarão à disposição dos produtores e de toda a sociedade na AgroBrasília 2019, que começa no próximo dia 14 e vai até o dia 18. O diretor-executivo da empresa, Antonio Dantas, ressaltou os circuitos e algumas das tecnologias e novidades que serão apresentadas no evento. Ele lembrou ainda que as comunidades podem se inscrever nos escritórios da Emater-DF para requisitar o transporte até o evento.

 

Joelma Pereira

Assessoria de Comunicação Social 

Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Distrito Federal - Governo do Distrito Federal

Emater-DF

Parque Estação Biológica, Ed. Sede EMATER-DF CEP: 70.770.915 Brasília - DF Telefone: 3311-9330 E-mail: emater@emater.df.gov.br