Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
20/10/15 às 16h49 - Atualizado em 29/10/18 às 11h35

Brasil é o maior produtor de café sustentável do mundo

 

Discutir novos métodos de assistência técnica coletiva para capacitar o maior número de produtores rurais e aumentar a produção de café sustentável no Brasil. Esse foi o objetivo do workshop organizado pela P&A Marketing, parte do Programa Café Sustentável, sobre modelos de assistência técnica coletiva, realizado na terça-feira (13/10), em Vitória (ES). O evento reuniu líderes de instituições ligadas ao setor para discutir maneiras eficazes de ampliar o número de cafeicultores capacitados com boas práticas sustentáveis.

 

O assessor técnico da Comissão Nacional do Café da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), Fernando Rati, explicou que o setor está discutindo, em alguns encontros, métodos de atender o maior número de cafeicultores por técnico. Existem casos, como apresentado pelo representante da Fundação Neumann no Brasil, que apenas um técnico atende aproximadamente 250 produtores em um prazo estabelecido. “São necessários modelos de Assistência Técnica em que o grande beneficiário é o próprio produtor, que produzirá com mais qualidade, controle, organização e lucro”, disse.

 

Outro ponto ressaltado na reunião foi a maneira de conduzir a assistência técnica em cada região. Segundo Fernando, o Brasil possui uma ampla extensão territorial, marcada por regiões e estados com culturas distintas. Desta maneira, o desafio para o técnico é maior ainda, sendo necessário diferenciar e ajustar o modo de repassar o conhecimento e técnicas ao produtor. Representantes do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR) também acompanharam o Workshop para absorver ainda mais métodos de assistência Técnica e Gerencial, visando atingir um maior número de produtores brasileiros.

 

Durante o workshop também foi discutida a importância das unidades de referência no Brasil, utilizadas como “vitrines” para cada região e para algumas etapas da assistência técnica coletiva. Já existem várias unidades espalhadas pelo país e são selecionadas especialmente pelo perfil e comprometimento do proprietário na condução técnica, gerencial e sustentável. Segundo Fernando, as propriedades que se tornam referência são importantes para que os produtores vejam um sistema de produção que, muitas vezes, é diferente do que estão acostumados, porém eficaz.

 

“Dos 287 mil cafeicultores no Brasil, 80% são pequenos produtores. O setor precisa de novas metodologias, conduzidas pelas entidades atuantes na Assistência Técnica e Extensão Rural, que possam atender o máximo de cafeicultores possível, pois a cada ano a demanda mundial de café sustentável aumenta e o Brasil deve estar preparado para atendê-la”, finaliza.

 

CNA

Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Distrito Federal - Governo do Distrito Federal

Emater-DF

Parque Estação Biológica, Ed. Sede EMATER-DF CEP: 70.770.915 Brasília - DF Telefone: 3311-9330 E-mail: emater@emater.df.gov.br